Caro visitante, novo endereço do site aqui, caso esteja acessando com endereço antigo. O novo endereço do site o conteúdo é o mesmo e poderá navegar de forma completamente segura.


 


Saúde: quais são os benefícios da CoQ10?

Saúde: quais são os benefícios da CoQ10?

A coenzima Q10 é uma substância química essencial que o corpo produz naturalmente. Uma deficiência deste produto químico pode ter efeitos adversos, e os suplementos de coenzima Q10 podem oferecer benefícios para a saúde.

Neste artigo, é discutido os benefícios para a saúde e os riscos de tomar suplementos de coenzima Q10 (CoQ10).

O que saber sobre CoQ10

CoQ10 é um antioxidante que o corpo produz naturalmente e armazena em componentes da célula chamada mitocôndria. Tem associações com energia, protegendo as células e proporcionando benefícios para o coração.

CoQ10 desempenha alguns papéis críticos no corpo. Por exemplo, as células do corpo precisam desse composto para produzir a energia que lhes permite funcionar.

Como antioxidante, CoQ10 também protege as células do corpo, neutralizando os radicais livres, o que reduz o estresse oxidativo no corpo. O estresse oxidativo pode causar dano tecidual, inflamação e apoptose celular ou morte celular. Existem ligações entre o estresse oxidativo e uma série de distúrbios, incluindo a doença de Alzheimer e a doença de Parkinson.

Níveis naturais de CoQ10 diminuem com a idade. Os cientistas identificaram associações entre a deficiência de CoQ10 e doenças cardíacas e câncer.

Atualmente, não há evidências suficientes para apoiar o uso de CoQ10 para prevenir ou tratar o câncer ou a doença de Parkinson. No entanto, pode ajudar a tratar certas condições cardíacas e prevenir enxaquecas.

Os pesquisadores também analisaram os efeitos da CoQ10 em várias outras condições, mas os resultados são inconclusivos. Estas condições incluem ALS, síndrome de Down, doença de Huntington e infertilidade masculina.

Benefícios para a saúde de CoQ10

CoQ10 tem muitos usos variados.

Melhora a saúde do coração

CoQ10 pode ajudar a tratar doenças cardíacas específicas, como insuficiência cardíaca congestiva e pressão alta, particularmente entre os indivíduos mais velhos.

Pesquisa sobre a eficácia da CoQ10 para problemas cardíacos forneceu resultados mistos. No entanto, um estudo relatou que a CoQ10 foi um fator importante na sobrevida de idosos com insuficiência cardíaca crônica.

Outra pesquisa mostrou que a CoQ10 pode ajudar as pessoas a se recuperarem de alguns tipos de cirurgia cardíaca.

Reduz enxaquecas

De acordo com a American Academy of Neurology e a American Headache Society, a CoQ10 pode ser eficaz na prevenção de enxaquecas, embora a pesquisa para apoiar isso ainda seja limitada. É possível que a CoQ10 tenha esse efeito porque mantém as mitocôndrias nas células saudáveis.

Facilita os efeitos colaterais das estatinas

Algumas pesquisas sugerem que a CoQ10 pode ajudar a aliviar a fraqueza muscular causada pela ingestão de medicamentos para baixar o colesterol, conhecidos como estatinas.

No entanto, os resultados de outro estudo mostraram que o tratamento com CoQ10 não reduziu a dor muscular em pessoas que também estavam usando estatinas para controlar seus níveis de colesterol.

Fontes e dosagens

As pessoas podem obter CoQ10 comendo certas carnes e proteínas de grãos, mas a quantidade presente nesses alimentos é muito pequena para aumentar significativamente os níveis de CoQ10 no corpo.

Alimentos que contêm CoQ10 incluem:

■ Carnes orgânicas, como rim e fígado;

■ Frango;

■ Carne;

■ Carne de porco;

■ Peixe gordo, como sardinha e truta;

■ Espinafre;

■ Brócolis;

■ Soja;

■ Grãos integrais.

Suplementos de CoQ10 estão disponíveis para administração intravenosa (IV) ou em cápsulas ou comprimidos.

Estudos utilizaram doses diárias de CoQ10 variando de 50 miligramas (mg) a 1.200 mg em adultos. Uma dose diária típica para alguém com deficiência de CoQ10 é de 100 a 200 mg, enquanto o nível seguro observado é de 1.200 mg por dia.

As pessoas devem conversar com seu médico antes de iniciar novos suplementos ou medicamentos.

Efeitos colaterais e riscos

Suplementos CoQ10 parecem ser seguros e bem tolerados.

Alguns efeitos colaterais leves podem incluir:

■ Problemas digestivos;

■ Dores de cabeça;

■ Insônia;

■ Erupção cutânea;

■ Fadiga;

■ Tontura;

■ Sensibilidade à luz;

■ Irritabilidade.

Interações medicamentosas

Tomar estatinas pode reduzir a quantidade de CoQ10 no sangue de uma pessoa. Estudos mostraram uma redução significativa nas concentrações plasmáticas de CoQ10 após tratamento com estatinas.

Além disso, CoQ10 pode reduzir a eficácia dos medicamentos para afinar o sangue, como a varfarina, e isso pode aumentar o risco de coágulos sanguíneos.

CoQ10 também pode interferir com insulina e alguns medicamentos quimioterápicos.

Resumo

Coenzima Q10 (CoQ10) é um antioxidante natural que está presente em quase todas as células do corpo humano. Os cientistas associaram baixos níveis de CoQ10 com várias condições médicas, incluindo doenças cardíacas e câncer.

As pessoas geralmente toleram bem a suplementação de CoQ10 e os suplementos produzem poucos efeitos colaterais. No entanto, há pesquisas limitadas para apoiar os benefícios de saúde que a CoQ10 pode oferecer.

As pessoas podem comprar suplementos CoQ10 em farmácias ou online.

É essencial falar com um profissional de saúde antes de tomar qualquer novo suplemento dietético, incluindo CoQ10.

Autor da matéria: Jamie Eske.
Avaliado por: Zara Risoldi Cochrane, PharmD, MS, FASCP.
Fonte da matéria: Medical News Today.

Informação: toda a autoria da matéria pertence a Jamie Eske. A matéria foi avaliada por Zara Risoldi Cochrane, PharmD, MS, FASCP e publicada no Medical News Today. Foi colocado no site 100% da matéria. De qualquer forma, poderá ler a matéria completa do autor Jamie Eske conforme publicada no site Medical News Today aqui. No Medical News Today a matéria está em inglês, mas, você pode traduzir a página para o português. 11/01/2019.