https://aquibelezaesaude.com/ads.txt

 


 


Quebra de cabelo: 10 causas e formas de reparar

Quebra de cabelo: 10 causas e formas de reparar

24 de junho de 2019

Quebra de cabelo pode acontecer por uma variedade de razões, incluindo produtos capilares específicos, dieta e estresse. Remédios caseiros podem ajudar.

As pessoas podem experimentar a quebra do cabelo que afeta todos os tipos de cabelos, desde os retos até os cacheados. Pode fazer com que os cabelos pareçam crespos ou grosseiros nas extremidades ou perto do topo, ou coroa, da cabeça.

Na maioria dos casos, a quebra do cabelo é temporária e as pessoas podem reparar seus cabelos e restaurar sua força usando produtos e remédios caseiros.

Neste artigo, 10 causas comuns de quebra de cabelo e maneiras de tratar e prevenir futuras quebras e danos ao cabelo.

Qual é a causa?

A seção a seguir explora as causas comuns de quebra de cabelo:

1) Produtos de cabelo e estilo

Os produtos que as pessoas usam para colorir, relaxar e outros o cabelo contêm substâncias químicas que podem enfraquecer o cabelo e torná-lo mais propenso a quebrar.

Até mesmo alguns xampus podem fazer com que o cabelo arrebente, fique frágil ou enrole.

Um estudo de 2014 relatou que a acidez ou o pH de um xampu podem afetar a quebra do cabelo. Certos shampoos são alcalinos ou básicos, o que pode causar uma carga negativa no cabelo. Isso cria mais atrito entre os fios de cabelo e pode levar à quebra do cabelo.

Evitar a aplicação de produtos químicos no cabelo e escolher um xampu com pH neutro pode melhorar a saúde do cabelo.

2) Excesso de escovação

Escovar o cabelo demais também pode causar quebra.

As pessoas podem não precisar escovar os cabelos tanto quanto pensam. A Academia Americana de Dermatologia aconselha apenas escovar o cabelo tanto quanto as pessoas precisam para estilizá-lo. Notavelmente, a ideia de que as pessoas devem escovar os cabelos com 100 pinceladas é um mito.

3) Calor e falta de umidade

Frequentemente, o uso de calor no cabelo pode danificar os fios de cabelo e remover a umidade do cabelo, o que pode causar quebra de cabelos e cabelos quebradiços.

Com o tempo, os seguintes tratamentos térmicos podem danificar o cabelo:

Secadores de cabelo;

Alisadores;

Pinças de ondulação.

O clima quente e os climas úmidos também podem secar o cabelo e aumentar o risco de quebra.

As pessoas muitas vezes podem evitar e prevenir futuras quebras de cabelo, reduzindo os tratamentos térmicos.

4) Secagem de toalha

Esfregar o cabelo molhado com uma toalha pode danificar o cabelo, aumentar o frizz e causar quebras. O cabelo molhado quebra mais facilmente do que o cabelo seco.

Em vez de esfregar o cabelo, tente envolver uma toalha em torno dele para absorver a umidade, ou deixar secar naturalmente no ar.

5) Não ter cortes de cabelo regulares

A falta de cortes de cabelo regulares pode resultar em pontas duplas. Essas pontas quebradas fazem com que o cabelo fique mais propenso a se romper, mais próximo do eixo do cabelo.

Cortes regulares, mesmo quando um indivíduo está crescendo, pode ajudar a manter o cabelo saudável e forte.

Um cabeleireiro também será capaz de dar conselhos para manter o cabelo saudável e resolver quaisquer problemas atuais que as pessoas possam estar enfrentando.

6) Dieta

Nutrição desempenha um papel fundamental na promoção de cabelos saudáveis. Se as pessoas são deficientes em certos nutrientes, elas podem ter cabelos enfraquecidos que parecem secos, sem brilho ou quebradiços. Deficiências graves de nutrientes também podem levar à perda de cabelo.

Ovos e peixes contêm biotina, que é essencial para o crescimento saudável dos cabelos, e a castanha do Brasil oferece produtos para melhorar o cabelo.

É essencial que as pessoas recebam uma dieta equilibrada que contenha o seguinte:

Ômega-3 ácidos graxos;

Proteína;

Vitamina D;

Ferro;

Zinco.

Uma vez que as pessoas resolvam quaisquer deficiências nutricionais, elas provavelmente encontrarão seus cabelos mais fortes e saudáveis ​​novamente.

7) Penteados apertados

Se as pessoas estão amarrando o cabelo para trás com frequência em penteados apertados, ou usando bandas elásticas para prender o cabelo, isso pode levar à quebra do cabelo. Penteados apertados podem esticar ou quebrar o cabelo longe da raiz.

Se as pessoas usarem os cabelos regularmente em estilos apertados, como pães, trancinhas ou tranças, isso pode levar a um tipo de perda de cabelo chamada alopecia por tração. Embora esta seja uma perda de cabelo temporária que o cabelo pode recuperar, pode se tornar permanente se continuar acontecendo.

Laços elásticos também podem puxar firmemente o cabelo e aumentar o risco de quebra. As pessoas podem mudar para laços de cabelo cobertos e usar o cabelo em uma variedade de estilos soltos para aliviar a pressão sobre o cabelo.

8) Estresse

Estresse extremo pode causar danos ao cabelo e uma condição chamada eflúvio telógeno.

Um choque severo ou estresse podem fazer com que as raízes do cabelo atinjam o estágio de repouso do ciclo de crescimento antes de serem feitas e o cabelo se solte do couro cabeludo.

Uma vez que o estresse tenha passado, as pessoas geralmente encontrarão os cabelos novamente. Se as pessoas notarem quantidades incomuns de queda de cabelo, elas devem consultar o médico para verificar a causa subjacente.

9) Distúrbios da tireóide

Os distúrbios da tireoide podem causar quebra de cabelo. Se as pessoas tiverem um distúrbio da tiróide, poderão notar cabelos muito frágeis, secos e sem brilho. Os cabelos também podem se tornar mais finos, ou as pessoas podem notar excessivo derramamento ou calvície.

Pessoas com distúrbios da tireoide também podem notar alterações em sua pele e unhas, incluindo o seguinte:

Unhas desmoronam ou quebram facilmente;

Feridas cicatrizam mais lentamente que o normal;

Linhas profundas nas palmas das mãos e solas dos pés;

Comichão na pele.

Se as pessoas notarem algum destes sintomas, juntamente com a fadiga, devem consultar o seu médico para verificar se têm algum distúrbio da tiróide.

10) Transtornos alimentares

Transtornos alimentares podem causar quebra no cabelo e podem levar à perda de cabelo.

A desnutrição e problemas de saúde que vêm de distúrbios alimentares podem perturbar o ciclo natural de crescimento do cabelo. Essa ruptura pode fazer com que o cabelo se solte durante a fase de crescimento do ciclo capilar, que é chamado de anágeno.

Tratar a quebra do cabelo

As pessoas muitas vezes podem melhorar a saúde de seus cabelos, abordando a causa, usando produtos de fortalecimento dos cabelos ou mudando sua rotina de cuidados com os cabelos.

As seções a seguir examinam maneiras de tratar a quebra do cabelo:

Mude a rotina de cuidados com os cabelos

Rotinas de cuidados capilares de comutação podem ajudar se produtos de cabelo ou métodos de modelagem, como produtos químicos ou tratamentos térmicos, estiverem danificando o cabelo. Tente secar ao ar o cabelo e usar produtos suaves que contenham menos produtos químicos agressivos.

As pessoas podem achar que trocar seus produtos capilares por aqueles que cuidam de cabelos danificados, restaurar a umidade e fortalecer o cabelo pode ajudar a evitar a quebra do cabelo.

Se as pessoas nadam com frequência, elas podem usar um xampu e um condicionador que restauram especificamente qualquer dano que o cloro e outros produtos químicos em piscinas possam causar aos cabelos.

Use um condicionador

Não usar um condicionador depois de lavar o cabelo com xampu pode resultar em danos ao cabelo. Um condicionador neutraliza a carga do cabelo, o que pode ajudar a diminuir o frizz e desembaraçar o cabelo.

Os condicionadores também podem ajudar a aumentar o brilho e a suavidade dos cabelos, tornando-os mais fáceis de manusear.

Reduzir o estresse

Se o estresse é a causa da quebra do cabelo, as pessoas podem reservar um tempo para relaxar e descontrair, o que pode melhorar o estado do cabelo.

Mudanças dietéticas

Quando o cabelo perdeu sua força por causa da dieta de uma pessoa, eles podem tentar comer alimentos que fortalecem o cabelo novamente. Estes alimentos incluem aqueles com abundância de proteínas, ômega-3, ferro, biotina e zinco.

Prevenção

As pessoas podem tomar medidas para evitar quebra de cabelo no futuro, incluindo o seguinte:

Usar um condicionador depois de lavar o cabelo;

Massagear o shampoo no couro cabeludo enxaguando-o pelos cabelos, em vez de esfregá-lo;

Usar um chapéu de natação para proteger o cabelo do cloro e outros produtos químicos em piscinas;

Lavar o cabelo com um xampu de natação especializado depois de nadar;

Secar o cabelo enrolando-o em uma toalha ou secando naturalmente;

Deixar o cabelo secar levemente antes de secar ou escovar;

Limitar o uso de ferramentas quentes no cabelo, como alisadores ou pinças;

Reduzir o uso de produtos para coloração e modelagem;

Mudar penteados, muitas vezes;

Usar faixas de cabelo adequadas e amarrar o cabelo frouxamente;

Escovar os cabelos suavemente e apenas o suficiente para modelá-los;

Manter extensões ou entrelaça por apenas 2 a 3 meses de cada vez;

Comer uma dieta equilibrada para garantir que o cabelo está recebendo todos os nutrientes de que necessita.

Resumo

Reduzir ou evitar as causas de danos ao cabelo e tomar medidas para cuidar dos cabelos corretamente pode ajudar a manter o cabelo forte e saudável. Isso também pode ajudar a evitar qualquer piora dos sintomas, como a queda de cabelo.

Se as pessoas notarem queda de cabelo excessiva ou incomum, elas devem consultar o médico, pois isso pode indicar uma condição de saúde subjacente.

Crédito

Autor da matéria: Beth Sissons.
Avaliado por: Cynthia Cobb, APRN.
Fonte da matéria: Medical News Today.

Informação: toda a autoria da matéria pertence a Beth Sissons. A matéria foi avaliada por Cynthia Cobb, APRN e publicada no Medical News Today. Foi colocado no site 100% da matéria. De qualquer forma, poderá ler também a matéria completa do autor Beth Sissons conforme publicada no site Medical News Today aqui. No Medical News Today a matéria está em inglês, mas, você pode traduzir a página para o português. Artigo | 24 de junho de 2019.