Se você joga jogos no seu tempo livre, por que não receber por isso? Faça seu cadastro aqui, e é só começar a jogar e ganhar!


 


 


Oito melhores remédios caseiros para gastrite

Oito melhores remédios caseiros para gastrite

16 de agosto de 2019

A gastrite é uma condição que afeta o revestimento do estômago de uma pessoa, causando inflamação. Alguns casos de gastrite podem ser tratados em casa com remédios simples.

Existem muitos fatores que podem causar um surto de gastrite. Esses incluem:

 Consumo excessivo de álcool;

 Usando medicação para dor por um período prolongado;

 Bactéria Helicobacter pylori (H.pylori);

 Infecções;

 Estresse.

Enquanto há casos em que o tratamento médico é necessário para tratar a gastrite, muitas pessoas acham que podem gerenciar os sintomas em casa.

Oito melhores remédios caseiros para gastrite

Nem todos os remédios funcionarão para todos, de modo que uma pessoa pode precisar experimentar vários deles antes de descobrir o que funciona melhor para o caso deles.

1. Siga uma dieta anti-inflamatória

A gastrite se refere à inflamação do revestimento do estômago, portanto, consumir uma dieta que ajuda a minimizar a inflamação pode proporcionar alívio ao longo do tempo. No entanto, a pesquisa não mostrou conclusivamente que comer uma determinada dieta causa ou previne a gastrite.

Ao manter um diário alimentar, as pessoas podem identificar quais os alimentos que desencadeiam os sintomas. Eles podem então começar a reduzir sua ingestão ou evitar certos alimentos completamente.

Alimentos que comumente contribuem para a inflamação são:

Alimentos processados;

Glúten;

Alimentos ácidos;

Lacticínios;

Comidas açucaradas;

Alimentos picantes;

Álcool.

2. Tome um suplemento de extrato de alho

Algumas pesquisas sugerem que o extrato de alho pode ajudar a reduzir os sintomas da gastrite. Esmagar alho cru e comê-lo também pode funcionar bem.

Se uma pessoa não gosta do sabor do alho cru, ele pode tentar cortar o alho e comê-lo com uma colherada de manteiga de amendoim ou embrulhado em uma data seca. A doçura da manteiga de amendoim ou data ajudará a mascarar o sabor do alho.

3. Tente probióticos

Os probióticos podem ajudar a melhorar a digestão e incentivar movimentos intestinais regulares. Suplementos probióticos introduzem boas bactérias no trato digestivo de uma pessoa, o que pode ajudar a deter a disseminação do H. pylori.

Comer alimentos que contêm probióticos também pode melhorar os sintomas da gastrite. Esses alimentos incluem:

Iogurte;

Kimchi;

kombucha;

Chucrute;

Kefir.

4. Beber chá verde com mel de manuka

Um estudo mostrou que beber chá verde ou preto pelo menos uma vez por semana poderia reduzir significativamente a prevalência de H. pylori no trato digestivo.

O mel de Manuka também pode ser benéfico, pois contém propriedades antibacterianas que ajudam a combater a infecção.

Algumas pessoas acreditam que beber apenas água morna pode acalmar o estômago e ajudar na digestão.

Mel de Manuka está disponível para compra em lojas de saúde e online.

5. Use óleos essenciais

Óleos essenciais, como capim-limão e verbena de limão, foram encontrados para ajudar a aumentar a resistência ao H. pylori em testes de laboratório.

Outros óleos que podem ter um efeito positivo no sistema digestivo incluem pimenta, gengibre e cravo.

Óleos essenciais não devem ser ingeridos e devem ser sempre diluídos com óleo de transporte se aplicados na pele.

As pessoas podem querer usar os óleos em um difusor ou consultar um médico sobre como usá-los com segurança para ajudar a aliviar a gastrite.

É importante notar que a Food and Drug Administration (FDA) dos Estados Unidos não regulamenta óleos essenciais ou medicina alternativa.

6. Coma refeições leves

Comer grandes refeições com alto teor de carboidratos pode sobrecarregar o sistema digestivo de uma pessoa e agravar a gastrite.

Comer pequenas refeições regularmente ao longo do dia pode ajudar a facilitar o processo digestivo e reduzir os sintomas da gastrite.

7. Evitar fumar e uso excessivo de analgésicos

Fumar pode danificar o estômago de uma pessoa e também aumenta o risco de uma pessoa desenvolver câncer de estômago.

Tomar muitos analgésicos de venda livre, como aspirina ou ibuprofeno, também pode danificar o revestimento do estômago e piorar a gastrite.

8. Reduza o estresse

O estresse pode causar surtos de gastrite, portanto, reduzir os níveis de estresse é uma maneira importante de ajudar a controlar a condição.

Técnicas de gerenciamento de estresse incluem:

Massagem;

Meditação;

Ioga;

Exercícios de respiração.

Sintomas

Embora desagradável, a gastrite geralmente não é considerada uma condição séria.

Os sintomas da gastrite incluem:

Náusea;

Vômito;

Uma sensação de roer ou queimação no estômago;

Sentindo-se cheio depois de comer apenas uma pequena quantidade.

Prevenção

Embora a causa da gastrite varie entre os indivíduos, existem alguns passos que as pessoas podem tomar para evitar sintomas incômodos.

Passos para prevenir a gastrite incluem:

Evite alimentos desencadeantes conhecidos;

Parar de fumar;

Gerenciar e reduzir o estresse;

Evitar álcool;

Manter um peso saudável;

Evitar o abuso de analgésicos de venda livre.

Os remédios caseiros podem ajudar muitas pessoas a controlar a gastrite. No entanto, se os sintomas não desaparecerem, é essencial falar com um médico.

Quando ver um médico

Pessoas com gastrite devem consultar um médico se tiverem:

Um surto de gastrite que dura mais de uma semana;

Vomitando sangue;

Sangue nas fezes.

Um médico fará perguntas, fará um exame e poderá realizar alguns testes.

Medicamentos comuns prescritos para gastrite incluem:

Bloqueadores de histamina 2 (H2), que ajudam a diminuir a produção de ácido. Tanto a prescrição como as variedades sem receita estão disponíveis.

Inibidores da bomba de prótons (PPIs), que também trabalham para reduzir a produção de ácido e estão disponíveis tanto no balcão quanto na prescrição.

Antibióticos, que são usados ​​para tratar infecções por H. pylori.


Fonte, crédito e publicação: Medical News Today.


 

https://aquibelezaesaude.com/ads.txt