Se você joga jogos no seu tempo livre, por que não receber por isso? Faça seu cadastro aqui, e é só começar a jogar e ganhar!


 


 


Manchas escuras na pele negra: Como se livrar?

Manchas escuras na pele negra: Como se livrar?

17 de junho de 2019

Pessoas com pele negra podem ser propensas a manchas escuras, que podem aparecer no rosto ou em outras partes do corpo. Essas áreas de hiperpigmentação ocorrem como resultado da exposição solar ou, mais comumente, se desenvolvem em uma área previamente inflamada da pele.

Neste artigo, é analisado remédios caseiros e tratamentos médicos para manchas escuras na pele negra. Também é analisado métodos de prevenção.

Causas

Manchas escuras podem ocorrer na pele negra quando a pele produz excesso de melanina. A melanina é a substância que dá cor à pele.

Fatores que podem desencadear o excesso de produção de melanina incluem a exposição ao sol e alterações hormonais, como aquelas que ocorrem durante a gravidez.

Manchas escuras também podem ocorrer como resultado de inflamação ou trauma na pele, tais como:

Acne;

Mordidas de insetos;

Queimaduras;

Cortes;

Psoríase e outras condições da pele;

Uma reação a produtos de cuidados com a pele.

Mesmo as práticas cotidianas de cuidados com a pele podem contribuir para o desenvolvimento de manchas escuras. Usar esfoliantes duros, depilação e barbear podem causar pequenos traumas na pele que levam a alterações na pele.

O tratamento que uma pessoa requer dependerá do tipo de pele e da gravidade da descoloração. As manchas escuras geralmente não são prejudiciais, então pode não ser necessário procurar tratamento a menos que uma pessoa as ache incomodativas.

Os tratamentos incluem:

A abordagem "esperar para ver"

Em alguns casos, nenhum tratamento pode ser a melhor opção, pois os pontos podem desaparecer com o tempo.

Por exemplo, este pode ser o caso de alguns tipos de hiperpigmentação que ocorrem durante a gravidez ou aqueles que aparecem depois que uma espinha de acne vai embora.

Enquanto isso, o uso da proteção solar pode ajudar a evitar que as manchas fiquem mais escuras.

Remoção da causa

Se a descoloração for o resultado de um produto para o cuidado da pele ou certos medicamentos, a interrupção do uso desses produtos pode impedir a formação de novas manchas escuras.

Segundo a Academia Americana de Dermatologia (AAD), uma vez que uma pessoa remove a causa das manchas, todas as existentes geralmente desaparecem dentro de 6 a 12 meses. No entanto, o uso diário de filtro solar é importante para ajudar a área a desbotar e evitar que o sol a escureça.

Pontos mais escuros podem levar anos para desaparecer, no entanto. Nestas situações, tratamentos médicos ou produtos clareadores da pele podem ajudar.

Tratamento de condições médicas subjacentes

O manejo adequado das condições da pele existentes, como acne ou psoríase, provavelmente ajudará a impedir que novas manchas apareçam.

Quaisquer manchas escuras que já estão na pele devido a essas condições podem desaparecer com o tempo.

Protetor solar

A proteção solar adequada é aconselhável para todos, independentemente do tipo de pele ou cor, mas a pesquisa sugere que o uso de protetor solar é especialmente baixo entre os negros não-hispânicos.

Os raios ultravioleta (UV) do sol são responsáveis ​​pela maioria dos pontos escuros da pele. Os raios UV desencadeiam o excesso de produção de melanina, causando novas áreas de hiperpigmentação e escurecimento das áreas existentes. A AAD recomenda que todos usem protetor solar que:

Tem um fator de proteção solar (FPS) de pelo menos 30;

Protege contra os raios UVA e UVB (os fabricantes podem rotulá-lo como amplo espectro);

É resistente à água.

As pessoas devem aplicá-lo em todas as áreas de pele exposta - não apenas no rosto - e usá-lo durante todo o ano;

Protetor solar está disponível em farmácias e on-line.

Remédios naturais

Algumas pessoas afirmam que remédios naturais podem efetivamente reduzir manchas escuras na pele negra. Os remédios mais populares incluem:

Gel de aloe vera;

Chá verde;

Suco de limão;

Leite de soja;

Óleo da árvore do chá;

Açafrão.

No entanto, não há evidências científicas de que esses tratamentos naturais aliviem áreas de hiperpigmentação. Alguns deles podem até causar outros problemas de pele. Por exemplo, o suco de limão pode secar e irritar a pele.

No geral, porém, é improvável que esses produtos naturais causem danos se as pessoas os usarem com moderação.

Produtos de clareamento da pele

Vários produtos estão disponíveis ao balcão para tratar um tom de pele irregular. Para obter os melhores resultados, uma pessoa deve escolher um clareador de pele que contenha um dos seguintes:

Vitamina C

A vitamina C é um potente antioxidante. Quando se trata de cuidados com a pele, a pesquisa sugere que ela pode proteger contra danos causados ​​pelo sol, aumentar os níveis de colágeno e reduzir a formação de melanina para parar a hiperpigmentação.

No entanto, não está claro quão eficaz pode ser devido à fraca capacidade das preparações atuais para penetrar na pele.

Os soros de vitamina C estão disponíveis nas farmácias e online.

Hidroquinona

A hidroquinona é um tratamento muito popular para manchas escuras. Semelhante à vitamina C, ela age inibindo a produção de melanina.

Os produtos vendidos sem receita (OTC) normalmente contêm 2% de hidroquinona, enquanto os cremes prescritos contêm 4%.

Cremes que contêm hidroquinona estão disponíveis em algumas farmácias, farmácias e on-line.

Ácido kójico

O ácido kójico é outro clareador comum da pele. No entanto, pode ser menos eficaz do que outros remédios para manchas escuras. Um estudo sobre um tipo de hiperpigmentação chamado melasma descobriu que 4% de creme de hidroquinona era um tratamento melhor e mais rápido para a hiperpigmentação do que o creme de ácido kójico a 0,75%.

As pessoas podem comprar soluções de ácido kójico online ou em algumas farmácias.

Gel Differin

O gel de adapaleno a 0.1% (Differin) é um tratamento OTC que é anti-inflamatório e ajuda a impedir a formação de comedões com acne.

Dermatologistas podem recomendá-lo para uniformizar a aparência da pele de uma pessoa e clarear manchas escuras ao lado de prevenção de acne.

Tratamentos médicos

Se os remédios caseiros não ajudam a se livrar das manchas escuras, algumas pessoas podem querer considerar tratamentos médicos.

Estes podem causar reações adversas, por isso é melhor discutir as vantagens e desvantagens de cada opção com um dermatologista antes de fazer o tratamento. Tratamentos médicos incluem:

Terapia com laser

A terapia a laser usa um feixe de luz para eliminar áreas de hiperpigmentação.

Pesquisas indicam que a terapia com laser é eficaz e produz resultados duradouros. No entanto, é caro e requer várias sessões. Pode clarear a pele ao redor das manchas escuras se o médico acidentalmente atingir essas áreas. Pode até produzir um ponto mais claro no lugar do ponto escuro.

Cascas químicas

Peelings químicos esfoliam a pele, mas vão mais fundo do que outros processos, como a microdermoabrasão. Embora possam ser eficazes, os peelings químicos fortes podem queimar a pele ou até mesmo produzir mudanças adicionais no pigmento.

Esse tratamento pode ser caro e uma pessoa pode precisar de várias sessões para alcançar resultados notáveis.

Tratamentos para evitar

As pessoas devem evitar o uso de tratamentos muito agressivos na pele, pois podem causar danos à pele e causar sérios danos aos órgãos internos.

Por exemplo, algumas fontes on-line recomendam o uso de água sanitária em pontos escuros. As pessoas nunca devem aplicar este produto na pele, pois podem causar queimaduras dolorosas.

Além disso, é importante ter cuidado ao comprar clareadores de pele e evitar aqueles que contêm mercúrio, que podem aparecer nas listas de ingredientes como:

Mercúrio;

Mercuric;

Calomel;

Cinábrio;

Hydrargyri oxidum rubrum.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) alerta que sabonetes e cremes que contenham mercúrio podem causar:

Danos nos rins;

Erupções cutâneas;

Descoloração da pele;

Cicatrizes;

Aumento do risco de infecções bacterianas e fúngicas;

Problemas de saúde mental, como ansiedade, depressão e psicose;

Neuropatia periférica (lesão do nervo).

Eventualmente, o mercúrio em produtos cosméticos também acaba na água. Aqui, faz o seu caminho para a cadeia alimentar, o que significa que as pessoas podem acabar comendo peixe que contém níveis tóxicos de mercúrio.

Prevenção

Pode não ser possível evitar todos os casos de manchas escuras na pele negra, especialmente aqueles que ocorrem devido ao envelhecimento e alterações hormonais. No entanto, é possível reduzir o risco deles se desenvolverem por:

Usar protetor solar com um FPS de pelo menos 30 por dia;

Reaplicar filtro solar a cada 2 horas e mais frequentemente após nadar ou suar;

Evitar a luz solar direta entre as 10:00 e as 16:00;

Hidratar a pele diariamente;

Evitar usar produtos esfoliantes duros;

Tratar acne, psoríase e outras condições prontamente;

Ver um médico se os pontos negros são o resultado do controle de natalidade pílula ou outros medicamentos.

Quando ver um dermatologista

Indivíduos que acham suas manchas escuras incômodas podem desejar consultar um dermatologista, especialmente se os remédios caseiros não obtiverem resultados satisfatórios.

Aqueles que têm condições de pele que desencadeiam o desenvolvimento da mancha escura também devem considerar marcar uma consulta com um dermatologista para explorar as opções de tratamento.

Resumo

Manchas escuras são um problema comum para quem tem pele negra. Eles são inofensivos, mas algumas pessoas podem querer tratá-los por razões estéticas.

Os remédios caseiros incluem a abordagem da causa subjacente e o uso de clareadores de pele.

Se isso não funcionar, as pessoas podem discutir a possibilidade de terapia a laser ou outros tratamentos com um dermatologista.


Fonte, crédito e publicação: Medical News Today.


 

https://aquibelezaesaude.com/ads.txt