Fatos nutricionais da cereja de Barbados

Fatos nutricionais da cereja de Barbados

Cereja de Barbados

07 de fevereiro de 2020

Com poucas calorias e uma das concentrações mais altas de vitamina C para qualquer fruta derivada de plantas do mundo, as cerejas de Barbados oferecem uma abundância de benefícios à saúde, incluindo uma rica dose de antioxidantes, uma capacidade de combater a obesidade e o envelhecimento e uma redução na pigmentação da pele.

Uma fruta tropical nativa do Caribe e da América do Sul, você encontrará cerejas de Barbados em abundância nas Bahamas e Bermudas. Também conhecida como cereja ou baga de acerola, esta fruta cresce em um grande arbusto ou árvore com um tronco curto contendo folhas sempre-verdes e levemente onduladas. Cada árvore produz até 62 libras de cerejas que oferecem um perfil de sabor doce e azedo. A fruta em si cresce em uma forma larga quando está pronta para a colheita. Cada cereja contém uma pele fina e vermelha brilhante e vem embalada com suco. Você pode comê-los crus, mas muitos possuem um sabor azedo. Você pode reduzir a acidez adicionando-a como ingrediente nas receitas.

Devido à sua intensa coloração vermelha, as cerejas de Barbados costumam ser usadas em geleias e doces; bebidas alcoólicas como vinho; sobremesas como sorvetes, tortas e picolés; xaropes; e molhos.

Informação nutricional

As informações nutricionais a seguir são fornecidas para uma cereja de Barbados (1cm a 1,5cm de comprimento).

 

  Calorias: 1.

 ✓ Gorduras: 0g.

 ✓ Sódio: 0mg.

 ✓ Carboidratos: 0.4g.

 ✓ Fibra: 0.1g.

 ✓ Açúcares: 0g.

 ✓ Proteínas: 0g.

 

Carboidratos na cereja de Barbados

Uma cereja de Barbados oferece pouco carboidrato, menos de meio grama. A fruta também não fornece uma dose saudável de fibra alimentar. Você deve adicionar frutas com maior teor de fibras à sua dieta, como maçãs, bananas e morangos, para uma digestão saudável.

A cereja de Barbados também cai com um índice glicêmico bastante baixo aos 20 anos, além de conter uma baixa contagem de calorias e açúcar.

Gorduras em cerejas de Barbados

As cerejas de Barbados não contêm gorduras. Você deve, no entanto, incorporar gorduras saudáveis ​​em sua dieta. Isso inclui alimentos como salmão, abacate, nozes e legumes.

Proteína na cereja de Barbados

Esta fruta não oferece nenhuma proteína. Para determinar sua dose diária recomendada (RDA) de proteína, você pode multiplicar seu peso por 0,36 ou usar a calculadora DRI estabelecida pelo Departamento de Agricultura dos Estados Unidos. As proteínas saudáveis ​​incluem carnes magras, salmão, nozes e legumes.

Micronutrientes na cereja de Barbados

As cerejas de Barbados contêm alguns eletrólitos, que incluem uma pequena quantidade de sódio e potássio. Comê-los após um treino ajuda a repor o sódio perdido. Você pode comê-los crus ou misturá-los em um smoothie com alguma proteína em pó para um tratamento pós-treino de saúde.

Esta fruta também oferece uma grande dose de  vitamina C. Você pode comer um e já atingir sua RDA (e consumir apenas uma caloria). A vitamina C ajuda a impulsionar o sistema imunológico, promove o crescimento muscular e de colágeno e auxilia na capacidade do corpo de absorver ferro.

Benefícios para a saúde

As cerejas de Barbados são incorporadas em mais de produtos alimentares devido aos seus benefícios de saúde e bem-estar. Você os encontrará em cremes, loções e produtos para cuidados com a pele, pois eles continuam bastante populares na indústria da beleza.

Alguns de seus benefícios comprovados à saúde incluem o seguinte:

Prevenção da obesidade

A obesidade é uma epidemia nos EUA. Mais de 35% dos adultos deste país são considerados obesos, segundo o Instituto Nacional de Saúde. Para ajudar a evitar esse importante problema de saúde, tente incorporar o suco das cerejas de Barbados em sua dieta. O suco pode proibir o aumento de peso e o nível de colesterol, além de reforçar seu metabolismo. O suco também pode ajudar no uso de ácidos graxos livres como fonte de energia, de acordo com um estudo publicado na Molecular Neurobiology. Além disso, eles são baixos em calorias e gordura.

Reduzindo o envelhecimento e prevenindo danos ao fígado

Em um estudo do Pharmacognosy Journal, os ratos de laboratório receberam extratos de plantas de Acerola, a fruta tropical conhecida como cereja de Barbados. Os pesquisadores estudaram o potencial do suco natural de frutas para se proteger do estresse oxidativo. Eles descobriram que o suco inibia a peroxidação e ajudavam a proteger contra danos no fígado nos ratos.

Combatendo os problemas de pigmentação da pele

Em um estudo de 2017 da PLOS ONE, o suco de acerola suprimiu a pigmentação da pele induzida por UVB em ratos de laboratório, diminuindo os genes que causam o escurecimento da pele.

Perguntas comuns

Como você cultiva cerejas de Barbados?

Você pode cultivar cerejas de Barbados nos EUA, mas precisa viver em um estado com um clima quente. As cerejeiras de Barbados não sobrevivem em clima frio. Mas eles podem passar por quedas curtas de temperatura, até 28 graus Fahrenheit, se essa queda não durar muito. A área em que você escolhe cultivar uma árvore deve incluir muito sol e pouco vento e estar longe de qualquer excesso de ervas daninhas.

Para iniciar o processo de plantio, você deve limpar o solo e remover qualquer excesso de entulho. Em seguida, adicione adubo ao solo, à medida que as cerejeiras de Barbados crescem melhor em solo ácido versus neutro. Depois de aperfeiçoar o solo, você pode plantar sementes de cereja de Barbados, mas certifique-se de usar apenas sementes de frutas totalmente maduras. Além disso, você deve limpar e secar todas as sementes primeiro.

Se você optar por usar mudas em vez de sementes, certifique-se de que cada muda mede duas a três polegadas de altura antes de transferi-las para o chão ou para sua própria plantadeira longa. Se você plantá-las no chão, mantenha-as afastadas a mais de cinco metros, pois elas crescerão e espalharão as raízes.

Antes de amadurecer, você deve regar as árvores em intervalos regulares. Quando atingirem a maturidade, você poderá reduzir a rega.

Depois de começar a ver o crescimento, aplique fertilizante cítrico, que você pode comprar em qualquer creche ou loja de ferragens com um centro de jardinagem.

Qual o tamanho das cerejeiras de Barbados?

Eles podem crescer até 20 pés de largura e bastante alto. Se você decidir plantá-las, verifique se o seu jardim pode lidar com o tamanho e se o sol é suficiente.

Preciso me preocupar com pesticidas?

As cerejas de Barbados podem obter pesticidas, o mais grave dos quais é conhecido como nematóide do nó da raiz. Você deve procurar mofo, cerejas podres e manchas marrons nas folhas para evitar comer uma cereja contendo pesticidas.

Dicas de preparação

Você precisa comer as cerejas de Barbados logo após a colheita, pois elas começam a se decompor em três a cinco dias, além de perder muito do seu valor nutricional. Congelá-los pode ajudar na preservação se você não puder comê-los imediatamente. Depois de colocá-los em casa, lave-os em água fria, escorra e seque-os com uma toalha de papel antes de comer.

Muitas cerejas têm um sabor azedo, portanto, adicioná-las às receitas pode reduzir isso. Tente colocá-los em smoothies, largando-os em cima de sua aveia e fazendo deles a estrela de sobremesas, como torta ou parfaits.

Alergias e interações

A maioria das alergias às cerejas de Barbados está relacionada a uma síndrome de alergia oral, também conhecida como síndrome de alergia ao pólen-alimento. Isso ocorre quando os alérgenos do pólen e dos frutos crus reagem de maneira cruzada. Esse tipo de alergia geralmente não aparece em crianças pequenas, mas aparece pela primeira vez em adolescentes e adultos jovens. Isso pode acontecer mesmo quando eles comem as mesmas frutas durante toda a vida, sem problemas de alergia.

Se você sentir uma coceira na boca, garganta arranhada, inchaço ao redor da boca ou nos lábios ou coceira nas orelhas após comer frutas e vegetais crus, convém marcar uma consulta com um alergista para determinar se você tem síndrome de alergia oral.

Se você tiver alergia ou irritação ao comer frutas cruas, como cerejas de Barbados, poderá cozinhá-las. Durante o processo de cozimento, o calor distorce as proteínas e o sistema imunológico não reconhece mais as frutas. No entanto, seu médico pode sugerir evitar completamente essa fruta para melhor gerenciar sua alergia. Você deve conversar com seu médico antes de continuar a consumi-los.


Fonte, crédito e publicação: Verywellfit.