Se você joga jogos no seu tempo livre, por que não receber por isso? Faça seu cadastro aqui, e é só começar a jogar e ganhar!


 


 


Esses são os benefícios do óleo de orégano

Esses são os benefícios do óleo de orégano

01 de fevereiro de 2019

O óleo de orégano é um produto feito a partir da planta de orégano, Origanum vulgare. Ele contém uma concentração maior dos compostos úteis que ocorrem naturalmente na planta.

Este óleo está disponível para uso por via oral, ao contrário do óleo essencial de orégano, que é muito mais concentrado e usado na aromaterapia. As pessoas não devem tomar óleos essenciais por via oral.

Se uma pessoa aplica topicamente ou toma um suplemento oral, o óleo de orégano pode ser útil para uma série de condições.

Compostos no óleo têm propriedades antioxidantes e antimicrobianas eficazes, o que explica muitos dos benefícios.

Existem alguns riscos e possíveis problemas a considerar antes de usar o óleo de orégano, e isso pode não estar certo para todos. Este artigo cobre 10 dos mais promissores benefícios para a saúde do óleo de orégano.

O que é óleo de orégano?

O orégano, ou Origanum vulgare, é uma planta pequena e espessa que pertence à família das mentas. É uma erva culinária familiar em pratos italianos.

Óleo de orégano contém altos níveis de compostos importantes em suas folhas e caules menores. Os fabricantes de óleo secam as folhas e os caules, depois destila a matéria vegetal para extrair o maior número possível de compostos.

O óleo de orégano contém:

■ Carvacrol, o principal composto ativo do óleo de orégano e um tipo de antioxidante chamado fenol;

■ Timol, que pode ajudar a proteger contra toxinas e combater infecções fúngicas.

Enquanto o óleo de orégano contém uma quantidade significativa, o timol composto ocorre mais abundantemente no tomilho.

10 benefícios

O óleo de orégano pode ter os seguintes benefícios para a saúde:

1) Bactérias de combate

Graças aos altos níveis de carvacrol, o óleo de orégano pode ajudar a combater certos tipos de bactérias.

Por exemplo, o Staphylococcus é um tipo comum de bactéria que causa a infecção por estafilococos. Algumas cepas ocorrem naturalmente no corpo, mas quando as bactérias crescem muito rapidamente, podem causar sintomas incômodos.

A pesquisa mostra que o carvacrol é eficaz na eliminação das bactérias Staphylococcus aureus e Staphylococcus epidermidis, duas causas comuns de infecção.

Tomar suplementos de óleo de orégano ou esfregá-lo na pele pode ajudar uma pessoa a fazer uso desses efeitos antibacterianos.

Os pesquisadores também estão explorando o uso de óleo de orégano para bactérias resistentes a antibióticos. Os autores de um estudo em Frontiers in Microbiology descobriram que uma combinação de nanopartículas de óleo de orégano e prata efetivamente eliminou todas as bactérias testadas.

2) Tratar supercrescimento bacteriano do intestino delgado (SIBO)

O óleo de orégano pode ajudar a tratar problemas bacterianos crônicos, como a SIBO. Pessoas com SIBO experimentam problemas gastrointestinais devido a um crescimento excessivo de certas bactérias em seus intestinos.

Um estudo de 2014 descobriu que remédios à base de ervas, incluindo um que continha altos níveis de carvacrol e timol, eram ferramentas eficazes no tratamento da SIBO.

Explorar os efeitos individuais de cada composto exigirá mais pesquisas, mas essas descobertas iniciais podem ser promissoras.

3) Tratamento de infecções fúngicas

O óleo de orégano também parece ser um potente agente antifúngico graças aos altos níveis de timol.

Pesquisa de 2015 encontrou timol para ser um tratamento eficaz para infecções fúngicas comuns de Candida.

Candida causa vários tipos de infecções, incluindo:

■ Tordo oral;

■ Infecções fúngicas;

■ Unhas infectadas;

■ Pé de atleta.

A pesquisa foi realizada em tubos de ensaio, no entanto, e determinar a eficácia do óleo de orégano exigirá mais estudos em seres humanos.

4) Fornecendo antioxidantes

O óleo de orégano é também um potente antioxidante. Antioxidantes ajudam a proteger o corpo dos danos causados ​​pelo estresse oxidativo e pelos radicais livres.

O estresse oxidativo pode levar ao aumento do dano ao DNA e à morte celular. A oxidação também pode desempenhar um papel em outras questões, como artrite, aterosclerose e alguns tipos de câncer.

Timol e carvacrol são poderosos antioxidantes que podem ajudar a reduzir a oxidação. Os pesquisadores sugeriram que novos estudos explorem doses seguras para uso regular.

5) Reduzindo a inflamação

Algumas fontes afirmam que o óleo de orégano pode ajudar a reduzir a inflamação. O composto carvacrol apresenta efeitos anti-inflamatórios em modelos animais e em estudos in vitro.

Pesquisa de 2017 analisou uma variedade de investigações sobre os efeitos anti-inflamatórios do carvacrol.

Em um estudo em ratos, o composto impediu a obesidade, afetando os genes envolvidos na inflamação. Em outro estudo com animais, o composto reduziu o inchaço.

Embora os resultados sejam promissores, os pesquisadores pediram mais testes em humanos para determinar uma dosagem segura.

6) Cicatrização de feridas

A aplicação de óleo de orégano diluído na pele pode ajudar a proteger cortes menores e arranhões na pele durante a cicatrização.

Compostos como timol e carvacrol podem proteger esses tipos de feridas contra infecções bacterianas.

7) Repelindo insetos

Tanto o carvacrol como o timol podem ser eficazes como repelentes de insetos. Em 2017, os pesquisadores descobriram que esses compostos repeliam alguns carrapatos e mosquitos. A pesquisa incluiu estudos em tubos de ensaio e aqueles com participantes humanos.

Mais pesquisas ajudarão a confirmar esse benefício em potencial, mas esfregar óleo de orégano diluído na pele pode ser uma maneira natural de ajudar a repelir os insetos.

8) Aliviar a dor

Há algumas evidências de que o orégano pode ser um analgésico eficaz. Um estudo com animais descobriu que um extrato de orégano proporcionava alívio da dor.

Esses resultados foram dose-dependentes - quanto mais os animais tomavam, mais alívio da dor eles sentiam.

É importante ressaltar que os pesquisadores usaram um extrato à base de água, de modo que o óleo pode não fornecer os mesmos resultados. Mais pesquisas em humanos poderiam ajudar a determinar uma dose apropriada.

9) Ajudando a perda de peso

O óleo de orégano também pode ser uma ferramenta útil para pessoas que querem perder peso. Os pesquisadores descobriram que o carvacrol, o principal composto do óleo de orégano, interrompe parte do processo que leva à criação e ao acúmulo de tecido adiposo.

Pesquisas mais diretas podem ajudar a fornecer evidências adicionais para essas alegações.

10) Combate ao câncer

Algumas fontes afirmam que o óleo de orégano pode ajudar a combater alguns tipos de câncer. Uma revisão observa que o óleo essencial de orégano ajuda a prevenir o crescimento de alguns tipos de câncer de cólon e de mama em tubos de ensaio.

O óleo também pareceu inibir o crescimento de algumas células de câncer de pulmão e câncer de próstata. Grande parte da pesquisa em câncer vem de tubos de ensaio ou modelos animais, então as pessoas devem ver os resultados com cuidado e nunca usar óleos como um substituto para o tratamento médico.

Como usar

O óleo de orégano vem em cápsulas e como líquido. Está disponível para compra na maioria das lojas de produtos naturais e online.

A força de cada óleo pode variar, por isso é importante seguir as instruções do fabricante ou trabalhar com um profissional de saúde qualificado para determinar a dose mais segura.

As pessoas que não apreciam o sabor do orégano devem escolher as cápsulas, que podem engolir sem provar o óleo.

Para usar o óleo de orégano topicamente para problemas de pele, dilua uma ou duas gotas em um óleo transportador. Uma pessoa pode então aplicar essa mistura diretamente na pele.

Riscos e considerações

Certifique-se de não tomar muito óleo de orégano, pois é muito potente. É melhor usá-lo com moderação sob a orientação de um profissional de saúde.

Existe um risco significativo de queima de tecido interno se uma pessoa tomar o óleo por via oral. Siga sempre as orientações do fabricante.

Não use óleo de orégano em crianças ou bebês. Mulheres grávidas ou que amamentam e pessoas com diabetes também devem abster-se de usá-lo.

O óleo de orégano pode interferir com alguns medicamentos, incluindo lítio e diuréticos. Além disso, é possível ser alérgico ao óleo.

Leve embora

O óleo de orégano é poderoso e pode ajudar com uma série de questões. Embora possa, por exemplo, ser um remédio antimicrobiano, não deve substituir o tratamento médico.

Tenha cuidado ao usar óleo de orégano e não óleo essencial de orégano, que é muito mais forte e não seguro de consumir.

A verificação de muitas alegações sobre o óleo de orégano exige uma pesquisa mais extensa sobre seres humanos.


Fonte: Medical News Today.
Crédito: Medical News Today.


 

https://aquibelezaesaude.com/ads.txt