Como remover a pele morta do rosto

Como remover a pele morta do rosto

Removendo pele morta no rosto

17 de janeiro de 2020

A pele renova-se naturalmente a cada 30 dias. Esse processo ocorre quando a camada externa da pele, ou epiderme, liberta células mortas e as substitui por novas.

As células mortas da pele perdem suas atividades diárias normais, como vestir e despir roupas. Uma pessoa não sabe quando células epiteliais antigas caem ao longo do dia.

A esfoliação é quando uma pessoa se livra dessas células mortas da pele da camada superior da pele mais rapidamente. No entanto, as pessoas devem tomar muito cuidado ao usar um esfoliante para fazer isso, pois esses produtos podem facilmente danificar ou irritar a pele.

Neste artigo, é examinado as diferentes maneiras de esfoliar a pele do rosto, levando em consideração o tipo de pele. Também é analisado o que evitar, pois a pele é mais delicada no rosto do que em algumas outras áreas do corpo.

Como esfoliar o rosto

Se alguém deseja esfoliar o rosto, há várias etapas que devem ser seguidas:

Use métodos suaves especificamente para o rosto;

Evite a pele delicada ao redor dos olhos e dos lábios;

Certifique-se de que o rosto esteja sempre limpo antes de esfoliar;

Esfolie a pele manualmente ou quimicamente.

Esfoliação manual

A esfoliação manual envolve o uso de uma ferramenta ou esfoliante para remover fisicamente as células mortas da pele do rosto.

Esfoliação química

A esfoliação química envolve o uso de um ácido suave para dissolver as células mortas da pele.

A maioria dos produtos comercializados para uso no rosto contém baixos níveis de esfoliantes químicos, portanto são seguros para uso pela maioria das pessoas.

Esfoliantes químicos podem não ser adequados para pessoas com pele sensível ou seca, pois podem causar ressecamento ou irritação.

Para qualquer esfoliação química, aumentar o uso gradualmente pode ajudar a prevenir a irritação da pele.

As pessoas não devem usar esfoliantes químicos mais de uma vez por semana inicialmente. Um dermatologista pode aconselhar sobre o uso e a escolha do produto certo.

Os tipos mais comuns de esfoliantes químicos são:

Alfa-hidroxiácido (AHA).

Beta hidroxiácido (BHA).

Retinol.

É aconselhável não usar AHAs, BHAs e retinol juntos, pois eles serão muito agressivos para a pele.

Formas de esfoliantes

Abaixo, está listado alguns esfoliantes que podem ser opções.

Manual

1. Toalha

Usar um pano de prato é uma boa opção para quem tem pele mais sensível.

Pegue uma toalha comum e umedeça com água morna e use-a para esfregar a pele suavemente em pequenos círculos.

Limpar o rosto antes da esfoliação também pode ser benéfico, pois isso abre os poros da pele.

2. Esponja natural

Uma esponja natural pode funcionar bem para se livrar das células mortas da pele no rosto.

Molhe e torça a esponja, depois use pequenos movimentos circulares para esfoliar o rosto.

Tente não pressionar demais a pele, pois isso pode causar irritação. Os traços leves devem se livrar facilmente das células mortas da pele, pois elas não estão mais firmemente presas à superfície.

3. Esfoliação facial

Esfoliantes são uma maneira popular de se livrar das células mortas da pele do rosto. No entanto, eles podem danificar a pele, pois os ingredientes podem causar micro lágrimas ou irritação.

Evite produtos que contenham bits duros que não se dissolvam.

Como alternativa à compra de esfoliantes faciais comerciais, uma pessoa pode querer fazer os seus em casa, como esfoliantes de açúcar ou aveia. Novamente, eles devem aplicá-los apenas no rosto uma vez por semana.

Químico

4. AHAs

Os AHA trabalham dissolvendo a camada superior da pele para revelar novas células da pele por baixo.

Use AHAs para fazer com que os poros pareçam menores ou para diminuir a aparência de linhas finas.

O ácido glicólico é o AHA mais comum.

5. BHAs

Os BHAs penetram nos poros para desobstruí-los e são mais adequados para os tipos de pele oleosa e mista.

O ácido salicílico é o BHA mais comum, e os profissionais médicos os usam para tratar a acne.

6. Retinol

Retinol é uma forma de vitamina A que as pessoas usam para cuidar da pele. É um poderoso esfoliante químico que uma pessoa pode aplicar para tratar a acne.

O retinol pode causar inflamação, portanto, aqueles com eczema, psoríase ou rosácea podem querer evitar usá-lo.

O que evitar

Abaixo, está listado o que evitar ao esfoliar e dicas para evitar danos à pele.

Tome cuidado ao usar produtos que já contenham peróxido de benzoílo ou retinol, como sugerem a Academia Americana de Dermatologia. A esfoliação após o uso desses produtos pode causar problemas de pele.

Evite comprar produtos que os fabricantes projetaram para uso em outras áreas do corpo, pois são muito duros para a pele delicada do rosto. Escolha um produto especificamente para uso no rosto.

Evite esfoliar a pele danificada ou queimada pelo sol ou se houver uma condição da pele existente. Testar um esfoliante em um pequeno pedaço de pele pode ajudar a verificar se há irritação.

Hidrate após a esfoliação e use um protetor solar de alto fator para proteger a pele. Toda esfoliação aumenta a sensibilidade à luz ultravioleta (UV).

Esfoliar antes de barbear ou usar outros métodos de depilação. Isso ajuda a impedir que as células mortas da pele obstruam os poros que podem ficar mais abertos durante o barbear.

Evite esfoliar na manhã de um evento importante, ou mesmo na noite anterior. Remover a pele morta do rosto pode causar vermelhidão ou irritação.

Tipo de pele

É importante entender o tipo de pele de uma pessoa para encontrar a melhor maneira de remover e esfoliar a pele morta do rosto.

Os principais tipos de pele são:

Normal;

Seco;

Oleoso;

Combinação;

Sensível.

Uma pessoa pode determinar seu tipo de pele em casa lavando o rosto com água e depois secando-o suavemente. Após 1 hora, um tecido deve ser pressionado no queixo, nariz, testa e bochechas. Ao procurar vestígios de óleo no tecido, uma pessoa deve ser capaz de descobrir o seu tipo de pele, da seguinte maneira:

Pele normal: sem óleo no tecido e sem evidência de secura.

Pele seca: não há óleo no tecido, e a pele fica tensa ou parece esquisita.

Pele oleosa: óleo no tecido, e a pele fica brilhante.

Pele mista: as bochechas são normais ou secas; óleo no tecido do nariz, testa ou queixo.

Pele sensível: a pele fica com comichão e parece vermelha ou seca.

Sumário

Está disponível uma variedade de esfoliantes e existem muitas receitas simples para fazer uma limpeza em casa. Use esfoliantes com cuidado, pois podem danificar a pele sensível.

O uso excessivo de esfoliantes ou o uso de produtos muito agressivos pode ser irritante mesmo para a pele que não é sensível.

Esfoliar suavemente uma vez por semana com o tipo correto de esfoliante para o tipo de pele de uma pessoa pode ajudar a tornar a pele mais clara. Também pode ajudar a tratar ou prevenir fugas.


Fonte, crédito e publicação: Medicalnewstoday.