https://aquibelezaesaude.com/ads.txt

 


 


Cervicalgia: o que é e como é tratado?

Cervicalgia: o que é e como é tratado?

Muitas pessoas terão experimentado dores no pescoço. Em alguns casos, será diagnosticado como cervicalgia. Qualquer pessoa pode ser afetada pela cervicalgia, que se refere à dor no pescoço que não se espalha para outras áreas, como os braços para baixo.

A cervicalgia geralmente não é uma condição séria, mas pode causar desconforto e deve ser tratada diretamente.

Este artigo discutirá o que é a cervicalgia e como ela pode ser tratada e evitada.

O que é cervicalgia?

O pescoço, também conhecido como a coluna cervical, é encarregado de proteger a medula espinhal e apoiar a cabeça, permitindo uma boa amplitude de movimento.

Ela é composta de ossos, nervos, músculos, ligamentos e tendões que são estruturados para permitir que o pescoço seja protetor enquanto permanece flexível.

Esta capacidade de ser flexível também torna a estrutura do pescoço vulnerável a danos, especialmente porque está constantemente sob pressão de manter a cabeça ereta.

Alguns movimentos exercem uma pressão gradual ou súbita e acentuada no pescoço, e a tensão resultante pode causar desconforto. A lesão é denominada cervicalgia quando ocorre apenas na região do pescoço e não em outras áreas, como nos braços ou região lombar.

Causas

A cervicalgia pode ter várias causas diferentes. Alguns dos mais comuns incluem:

■ Má postura ou longos períodos com o pescoço em um ângulo estranho, como quando dormindo ou trabalhando em uma mesa.

■ Lesões que envolvem um movimento súbito do pescoço, como um golpe de um acidente de carro ou um esporte de impacto.

■ Estresse a longo prazo que causa o aperto dos músculos do pescoço e dos ombros, levando a uma tensão no pescoço.

■ Condições ósseas, como artrite ou osteoporose. Como essas condições são mais comuns em idosos, a idade é um fator de risco para cervicalgia.

■ Doenças ou condições que afetam a coluna vertebral, como infecções espinhais ou meningite.

Certos esportes podem causar cifose, uma condição que afeta a postura de uma maneira que tensiona o pescoço. A cifose também pode levar à cervicalgia.

Os ombros podem ser empurrados para a frente e arredondados, pressionando o pescoço. Essa pressão pode ocorrer a partir de esportes que promovem essa postura, como o ciclismo, ou certos programas de musculação que constroem músculos peitorais mais do que os músculos das costas.

Sintomas

A cervicalgia é marcada por uma dor na região do pescoço, que pode ser uma dor aguda ou uma dor constante e persistente.

A gravidade da dor irá variar dependendo da extensão da lesão, e a maioria dos casos de cervicalgia apenas causam um leve desconforto.

Outros sintomas da cervicalgia podem incluir:

■ Rigidez nos músculos do pescoço;

■ Espasmos nos músculos do pescoço;

■ Movimento do pescoço prejudicado;

■ Ternura nos ombros;

■ Dores de cabeça;

■ Tontura;

■ Náusea.

Tratamento

O manejo da cervicalgia irá variar dependendo da causa. Na maioria dos casos, pode ser tratado em casa.

A cervicalgia geralmente desaparece dentro de algumas semanas. As pessoas devem consultar um médico se a dor durar mais do que algumas semanas, ou imediatamente se a dor ocorreu como resultado direto de uma lesão.

É importante evitar quaisquer atividades que possam estar causando uma lesão no pescoço, como andar de bicicleta, e descansar o pescoço o máximo possível. Se a lesão ocorreu devido à má postura, é importante abordar isso imediatamente e melhorar a postura.

Diferentes abordagens podem ser tomadas para tratar a cervicalgia em casa:

■ Os pacotes de gelo podem ser aplicados na área afetada por até 20 minutos várias vezes ao dia. Isso pode ser útil na redução da inflamação causada por uma lesão no pescoço.

■ O calor também pode ser aplicado para ajudar a melhorar a cicatrização, como através de um banho quente ou toalha quente.

■ Medicamentos de venda livre, como antiinflamatórios ou analgésicos, podem ser úteis no controle da cervicalgia.

■ Massagear a área ajudará a aumentar o fluxo sanguíneo e estimular a cura.

■ Coleiras ao redor do pescoço apoiarão a cabeça e restringirão o movimento, removendo a pressão da área.

■ Esticar o pescoço, movendo a cabeça para posições diferentes, pode ser benéfico, mas isso só deve ser tentado quando se sentir confortável para fazê-lo.

Em alguns casos, será necessário um tratamento mais sério, incluindo um programa de fisioterapia ou mesmo uma cirurgia para reduzir o desconforto.

Também é possível que a cervicalgia seja um sinal de uma condição mais preocupante, como uma infecção espinhal.

A atenção médica deve ser procurada imediatamente se surgirem outros sintomas, como sensação de dormência ou dores nos braços. Esses sintomas podem indicar um problema maior que requer intervenção urgente.

Prevenção

Embora a cervicalgia seja um problema comum, é possível reduzir o risco de ocorrer algumas mudanças simples no estilo de vida.

Melhorando a postura ao longo do dia

Manter uma boa postura quando sentado ou em pé é um método eficaz de prevenção da cervicalgia. Boa postura fornece suporte para o pescoço.

Por exemplo, ao trabalhar em uma mesa, a boa postura pode ser mantida mantendo os joelhos dobrados em um ângulo de 90 graus, com ambos os pés apoiados no chão e o pescoço em uma posição neutra.

Melhorando a postura durante a noite

O corpo fica inativo por um longo tempo quando alguém está dormindo, por isso é benéfico manter uma boa postura durante o sono. As pessoas devem evitar dormir no estômago ou em posição em que o pescoço esteja torcido ou dobrado.

Pode ajudar a usar um travesseiro de apoio que mantenha o pescoço ereto ou manter um travesseiro entre as pernas se dormir de lado.

Gerenciamento de estresse

Engajar-se em técnicas de redução do estresse, como meditação ou exercícios físicos, pode reduzir a tensão nos ombros e no pescoço, o que geralmente ocorre inconscientemente.

Atividade física

Manter-se ativo pode ajudar a reduzir o risco de desenvolvimento da cervicalgia. Também pode ser útil se envolver em certos tipos de exercício físico, como aqueles que têm como alvo os músculos das costas superiores para evitar que os ombros se arredondem.

Outlook

A cervicalgia é um problema comum que pode afetar qualquer pessoa. A maioria dos casos não é grave e pode ser tratada em casa.

Os sintomas geralmente desaparecem dentro de algumas semanas. No entanto, alguns casos podem exigir tratamento médico se a dor persistir além de algumas semanas ou se houver suspeita de uma condição mais grave.

Garantir uma boa postura que forneça um nível suficiente de apoio para o pescoço é uma parte importante da prevenção do desenvolvimento da cervicalgia.

Autor da matéria: Aaron Kandola.
Avaliado por: Alana Biggers, MD, MPH.
Fonte da matéria: Medical News Today.

Informação: toda a autoria da matéria pertence a Aaron Kandola. A matéria foi avaliada por Alana Biggers, MD, MPH e publicada no Medical News Today. Foi colocado no site 100% da matéria. De qualquer forma, poderá ler a matéria completa do autor Aaron Kandola conforme publicada no site Medical News Today aqui. No Medical News Today a matéria está em inglês, mas, você pode traduzir a página para o português. 18/02/2019.