Calorias, carboidratos e benefícios do caqui

Calorias, carboidratos e benefícios do caqui

Caqui

(Imagem de Makamuki via Pixabay)

07 de fevereiro de 2020

O caqui é uma fruta alaranjada, em forma de tomate, originária da Ásia - principalmente do Japão e da China. Esta baga agora é cultivada em muitas partes do mundo. Existem diferentes variedades de caqui. Nos Estados Unidos, o caqui comum (Diospyros virginiana) é cultivado principalmente na Califórnia, embora possa ser encontrado em outras partes do país, que vão do Texas a Connecticut.

Muitas pessoas comparam o sabor do caqui ao sabor do damasco, embora o sabor possa variar com base na variedade que você escolher. Os dados nutricionais do caqui também podem variar um pouco com base na variedade. Os caquis são comumente usados ​​em geleias, pudins e uma variedade de assados.

Informação nutricional

As informações nutricionais a seguir são fornecidas pelo USDA para uma fruta medindo 2 1/2 "de diâmetro (168g).

Calorias: 118.

Gordura: 0.3g.

Sódio: 1,7 mg.

Carboidratos: 31g.

Fibra: 6g.

Açúcares: 21g.

Proteínas: 1g.

Carboidratos em caqui

Existem, em média, 118 calorias em um caqui. A maioria das calorias em um caqui vem de carboidratos. Existem cerca de 31 gramas de carboidratos no caqui e a maior parte do carboidrato é açúcar. Existem cerca de 6 gramas de fibra por porção de 168 gramas. A  carga glicêmica (IG) de 100 gramas de porção de caqui é estimada em cerca de 15.

Gorduras em caqui

Há uma quantidade muito pequena de gordura no caqui. Um caqui fornece menos de 1 grama de gordura.

Proteína em caqui

O caqui também fornece uma quantidade muito pequena de proteína. Uma porção fornece apenas 1 grama do macronutriente.

Micronutrientes no caqui

O caqui nativo é uma excelente fonte de vitamina C, fornecendo 21% da ingestão diária recomendada. Você também se beneficiará de pequenas quantidades de vitamina B6 ao consumir essa fruta.

Os minerais do caqui incluem ferro (1,4% de suas necessidades diárias recomendadas) e quantidades menores de fósforo, potássio e cálcio.

A mesma porção de caqui japonês fornece uma maior variedade de vitaminas e minerais. Uma porção de 168 gramas fornece 55% de suas necessidades diárias de vitamina A, uma dose saudável de vitamina C e quantidades menores de vitamina E, vitamina B6, vitamina K, folato, tiamina e riboflavina, de acordo com dados do USDA.

Os minerais no caqui japonês incluem manganês, cobre, potássio, magnésio, fósforo, selênio, cobre e ferro.

Benefícios para a saúde

Como muitas outras frutas, os benefícios nativos à saúde do caqui vêm principalmente da vitamina C substancial que ela fornece. A vitamina C deve ser consumida na dieta porque nossos corpos são incapazes de produzi-la naturalmente.

A vitamina C (ácido L-ascórbico) é essencial para uma boa estrutura óssea, cartilagem, músculos e vasos sanguíneos. Ajuda na absorção de ferro, promove a cicatrização de feridas e também pode ajudar a prevenir doenças. De fato, estudos que investigam o papel dos citros na prevenção do câncer estão mostrando que essas frutas podem proporcionar um benefício positivo. No entanto, a pesquisa está em andamento.

Você também terá um impulso de fibra ao consumir caqui nativo. A maioria de nós não recebe fibras suficientes em nossas dietas. A fibra ajuda a aumentar a saciedade, melhora a saúde digestiva e pode ajudar a diminuir o colesterol no sangue. As diretrizes atuais sugerem que você consome 20 a 35 gramas de fibra por dia.

O caqui japonês tem o objetivo de fornecer benefícios adicionais à saúde. As pessoas usaram a fruta medicinalmente para tratar pressão alta, retenção de líquidos, constipação, soluço e derrame. Também é usado para melhorar o fluxo sanguíneo e reduzir a temperatura corporal.

Há evidências científicas limitadas sugerindo que o conteúdo de taninos no caqui pode fornecer benefícios antioxidantes e reduzir o risco de doenças cardíacas e pressão alta. No entanto, não há evidências científicas suficientes para apoiar fortemente o uso medicinal da fruta.

Perguntas comuns

Como devo selecionar o melhor caqui?

Nem todo supermercado vende caqui. Se o seu mercado tem uma seção de frutas exóticas, você pode encontrá-la lá. Encontre uma fruta gorda, mas não firme. A pele deve estar brilhante, lustrosa e livre de manchas.

Quando é o caqui na estação?

Nos Estados Unidos, é provável que você encontre caqui no mercado desde o outono até o final de março.

Dicas de preparação

Existem diferentes maneiras de usar um caqui, baseado em parte na variedade que você escolher. Algumas pessoas combinam caqui com queijo ou fazem geleia com a fruta.

O uso de caqui em produtos assados ​​também é popular, assim como o creme e o pudim de caqui. Você pode adicionar caqui a uma salada salgada ou doce, assim como outras frutas (como toranja ou fatias de laranja) ou pode desfrutar de caqui seco sozinho ou em cima de sorvete.

Alergias e interações

O caqui pode causar reações alérgicas, embora relatos de alergia ao caqui sejam raros. A maioria dos relatórios publicados de alergia ao caqui envolveu a variedade Kaki. No entanto, outras variedades de caqui também podem produzir sintomas alérgicos em alguns pacientes.

Sempre verifique com seu médico se suspeitar de alergia a este ou a qualquer alimento.


Fonte, crédito e publicação: Verywellfit.