Novo endereço do site aqui, caso esteja acessando com endereço antigo.


Supositório de Glicerina Pfizer (Glicerol) - Bula

Supositório de Glicerina Pfizer (Glicerol) - Bula

Importante

Essa é uma bula ao paciente do medicamento supositório de glicerina Pfizer (glicerol) com todas as informações relevantes. Foram extraídas na íntegra da bula original, empresa ou laboratório Pfizer, especificamente do site online. Todas as informações que constam são absolutamente verdadeiras, mas, com o único objetivo informativo. Nunca tome medicamento sem consultar um médico. Ao final um link onde poderá consultar a bula original. Vamos a bula.

Supositório de Glicerina
Glicerol

IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO

Nome comercial: Supositório de Glicerina.

Nome genérico: glicerol.

APRESENTAÇÕES

Supositório de Glicerina adulto em embalagem contendo 24 supositórios. Supositório de Glicerina pediátrico em embalagem contendo 24 supositórios. VIA DE ADMINISTRAÇÃO: USO RETAL. USO ADULTO E PEDIÁTRICO.

COMPOSIÇÃO

Cada supositório adulto de 2,92g contém 2,68g de glicerol. Excipientes: ácido esteárico, hidróxido de sódio e cloreto de sódio. Cada supositório pediátrico de 1,57g contém 1,44g de glicerol. Excipientes: ácido esteárico, hidróxido de sódio e cloreto de sódio.

INFORMAÇÕES AO PACIENTE

1. Para que este medicamento é indicado?

Supositório de Glicerina (glicerol) é um laxante (medicamento que popularmente “solta o intestino”) indicado no tratamento e/ou prevenção da prisão de ventre (obstipação) e tem a finalidade de provocar a evacuação (eliminação das fezes).

2. Como este medicamento funciona?

O glicerol é classificado como laxante hiperosmótico (medicamento que induz a evacuação por tornar as fezes mais líquidas, com maior teor de água, o que estimula os movimentos de contração dos intestinos e a evacuação). O glicerol também lubrifica e amolece as fezes impactadas (paradas há muito tempo no intestino e, por isso, muito duras).

3. Quando não devo usar este medicamento?

Supositório de Glicerina não deve ser utilizado em pacientes com hipersensibilidade (alergia) a qualquer componente da fórmula e não deve ser utilizado por pacientes com apendicite (inflamação do apêndice), hemorragia retal não diagnosticada (sangramento no intestino sem origem), obstrução intestinal ou que estejam se recuperando de uma cirurgia retal.

4. O que devo saber antes de usar este medicamento?

Não utilize laxantes por mais de uma semana sem orientação médica. O glicerol deve ser usado com cuidado em pacientes com: (1) hipervolemia (aumento da quantidade de líquidos no sangue); (2) insuficiência cardíaca (incapacidade do músculo do coração de bombear o sangue); (3) distúrbios renais e (4) pacientes desidratados. Sempre avise ao seu médico todas as medicações que você toma quando ele for prescrever uma medicação nova. O médico precisa avaliar se as medicações reagem entre si alterando a sua ação, ou da outra; isso se chama interação medicamentosa. O uso crônico de supositório de glicerina pode diminuir a ação das medicações que repõem potássio e dos diuréticos (medicamentos que induzem a micção) poupadores de potássio, levando à hipocalemia (redução da quantidade de potássio) no sangue. Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica ou do cirurgião-dentista. Informe ao seu médico ou cirurgião-dentista se você está fazendo uso de algum outro medicamento.

5. Onde, como e por quanto tempo posso guardar este medicamento?

Supositório de Glicerina deve ser conservado em temperatura ambiente (entre 15 e 30ºC), protegido da umidade. Manter na embalagem original até o uso. Número de lote e datas de fabricação e validade: vide embalagem. Não use medicamento com o prazo de validade vencido. Guarde-o em sua embalagem original. Antes de usar, observe o aspecto do medicamento. Caso ele esteja no prazo de validade e você observe alguma mudança no aspecto, consulte o farmacêutico para saber se poderá utilizá-lo. Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças. Características do produto: massa translúcida, clara, praticamente sem cheiro, sem bolhas de ar e partículas de matéria estranha. A presença de umidade nos supositórios é considerada natural. Supositório de Glicerina pediátrico é mais fino e comprido, possuindo formato anatômico especial para uso infantil.

6. Como devo usar este medicamento?

Para auxiliar o amolecimento das fezes os adultos devem ingerir de 6 a 8 copos de água diários. O supositório pode ser umedecido com água antes de ser colocado no reto. Após a introdução o paciente deve procurar retê-lo (“segurá-lo” dentro do reto) até que venha a vontade de evacuar. Em bebês recomenda-se introduzir a parte mais fina e segurar a outra extremidade com os dedos até que haja a evacuação. De um modo geral, o efeito desejado (evacuação) é alcançado alguns minutos após a introdução do supositório no reto. Pode-se deixar o supositório atuar por 15 a 30 minutos. Não é necessário que o produto se dissolva completamente para que produza o efeito desejado. Uso externo. Adultos: um supositório ao dia quando necessário ou a critério médico.
Crianças: supositório de Glicerina pediátrico é mais delgado (fino) e comprido. Um supositório ao dia quando necessário ou a critério médico. Siga corretamente o modo de usar. Em caso de dúvidas sobre este medicamento, procure orientação do farmacêutico. Não desaparecendo os sintomas, procure orientação de seu médico ou cirurgião-dentista.

7. O que devo fazer quando eu me esquecer de usar este medicamento?

Caso você se esqueça de usar Supositório de Glicerina no horário estabelecido pelo seu médico, use-o assim que lembrar. Entretanto, se já estiver perto do horário de usar a próxima dose, pule a dose esquecida e use a próxima, continuando normalmente o esquema de doses recomendado pelo seu médico. Neste caso, não use o medicamento duas vezes para compensar doses esquecidas. O esquecimento da dose pode comprometer o resultado do tratamento. Em caso de dúvidas, procure orientação do farmacêutico ou de seu médico, ou cirurgião-dentista.

8. Quais os males que este medicamento pode me causar?

Raramente ocorrem reações adversas advindas do uso de laxantes hiperosmóticos, podendo incluir cólica, diarreia, formação de gases e sede. Podem ocorrer desconforto retal, aumento do fluxo sanguíneo retal (aumento da quantidade de sangue que irriga o reto) e irritação local. Informe ao seu médico, cirurgião-dentista ou farmacêutico o aparecimento de reações indesejáveis pelo uso do medicamento. Informe também à empresa através do seu serviço de atendimento.

9. O que fazer se alguém usar uma quantidade maior do que a indicada deste medicamento?

Mesmo com o emprego de superdose durante períodos prolongados, não foram detectadas manifestações colaterais clinicamente importantes.

Em caso de uso de grande quantidade deste medicamento, procure rapidamente socorro médico e leve a embalagem ou bula do medicamento, se possível. Ligue para 0800 722 6001, se você precisar de mais orientações.

DIZERES LEGAIS

ISENTO DE REGISTRO. MEDICAMENTO DE NOTIFICAÇÃO SIMPLIFICADA RDC N° 199 DE 2006. AFE N° 1.02110-1. Farmacêutica Responsável: Edina S.M. Nakamura – CRF-SP nº 9.258.

Registrado por:
Wyeth Indústria Farmacêutica Ltda.
Rua Alexandre Dumas, 1.860
CEP 04717-904 – São Paulo – SP
CNPJ nº 61.072.393/0001-33

Fabricado e Embalado por:
Wyeth Indústria Farmacêutica Ltda.
Rodovia Presidente Castelo Branco, nº 32.501, km 32,5
CEP 06696-000 – Itapevi – SP
Indústria Brasileira

Siga corretamente o modo de usar, não desaparecendo os sintomas, procure orientação médica. Aqui poderá consultar a bula original em PDF disponibilizada no site Pfizer. Digite o nome do medicamento ou a letra inicial do medicamento e pronto!

Fonte: inteiramente e totalmente extraída do site Pfizer onde estão disponibilizadas em PDF inúmeras bulas de medicamentos. Utilizamos essa página em questão no aqui beleza e saúde para retransmitir a informação. O acesso a informação é direito de todo cidadão.