Caro visitante, novo endereço do site aqui, caso esteja acessando com endereço antigo. O novo endereço do site o conteúdo é o mesmo e poderá navegar de forma completamente segura.


O que causa dormência nos dedos?

O que causa dormência nos dedos?

Dormência nos dedos pode ter muitas causas diferentes, desde a síndrome do túnel do carpo até alguns tipos de neuropatia.

Em alguns casos, o tratamento pode simplesmente exigir uma mudança na forma como a pessoa usa as mãos. No entanto, medicação ou cirurgia podem ser necessárias para casos com causas subjacentes mais complexas.

Este artigo analisa seis causas de dormência nos dedos de uma pessoa, bem como as opções de tratamento.

1) Síndrome do túnel do carpo

Segundo a Sociedade Americana de Cirurgia da Mão (ASSH), uma das causas mais comuns de dormência nos dedos de uma pessoa é a síndrome do túnel do carpo.

O túnel do carpo é uma passagem na base da mão de uma pessoa. O nervo mediano passa através dele, e o beliscar desse nervo pode causar dormência, coceira ou dor no polegar, dedo indicador, dedo médio e dedo anular. Síndrome do túnel do carpo, muitas vezes faz com que a mão fique dormente enquanto uma pessoa está dormindo por causa da posição em que ela segura.

Para diagnosticar a síndrome do túnel do carpo, o médico terá um histórico médico detalhado, perguntando sobre quaisquer outras condições que uma pessoa tenha, como usar o pulso e se teve algum problema anterior.

Uma pessoa pode ser capaz de tratar essa condição, alterando a maneira como eles usam as mãos.

Por exemplo, uma pessoa pode ter síndrome do túnel do carpo por causa de como ela se senta em uma mesa enquanto usa um computador. Alterar a cadeira, o mouse ou o teclado que eles usam pode resolver o problema.

Alternativamente, um médico pode sugerir que eles usem temporariamente uma tala para prevenir ou reduzir o inchaço. As talas ajudam a evitar que a mão fique entorpecida, especialmente à noite.

Se os sintomas forem mais graves ou não se resolverem com outros tratamentos, uma pessoa pode precisar de injeções de esteróides para reduzir a inflamação. Em outros casos, a cirurgia pode ser necessária para criar mais espaço para o nervo passar pelo túnel do carpo.

2) Neuropatia de compressão

Neuropatia de compressão é quando a pressão em um nervo causa uma perda de sensibilidade e músculos fracos ou contorcidos em partes do corpo de uma pessoa. A síndrome do túnel do carpo é um tipo de neuropatia de compressão.

Segundo a ASSH, um nervo pode ficar sob pressão devido a uma lesão, aumento dos vasos sanguíneos, espessamento dos músculos ou cistos que crescem perto de um nervo.

Um nervo comprimido no pulso, cotovelo, antebraço ou pescoço pode resultar na perda de sensibilidade nos dedos de uma pessoa.

As pessoas podem fazer mudanças no estilo de vida para tratar a neuropatia de compressão leve. Por exemplo, a criação de uma estação de trabalho mais ergonômica pode melhorar a neuropatia que se desenvolveu devido a movimentos no trabalho.

A terapia física ou ocupacional pode ser útil para aliviar os músculos tensos que comprimem os nervos. Esses tipos de terapia também podem ensinar uma pessoa a evitar causar sintomas no futuro.

A obesidade também pode causar neuropatia de compressão, portanto, a perda de peso pode reduzir os sintomas.

Uma pessoa com neuropatia de compressão grave pode necessitar de cirurgia.

3) Neuropatia periférica

De acordo com o Instituto Nacional de Distúrbios Neurológicos e Derrame (NINDS), a neuropatia periférica refere-se a danos no sistema nervoso periférico de uma pessoa. Este sistema ajuda a transmitir sinais através do corpo de uma pessoa.

A neuropatia periférica pode causar muitos sintomas diferentes, dependendo dos nervos afetados. Estes sintomas podem incluir a perda de sensibilidade nas mãos.

Existem muitas causas de neuropatia periférica. Pode ser genética, o que significa que uma pessoa a herda de um pai biológico ou adquirida.

Causas da neuropatia periférica adquirida incluem:

■ Diabetes;

■ Consumo excessivo de álcool a longo prazo;

■ Deficiência de vitamina B-12;

■ Doença hepática ou renal crônica;

■ Lesões;

■ Hipotireoidismo.

Existem muitas causas subjacentes mais raras da neuropatia periférica. Um médico pode testá-los depois de descartarem as causas comuns.

O tratamento para a neuropatia periférica dependerá de onde ocorre o dano do nervo e dos sintomas específicos que o indivíduo está experimentando.

4) Fibromialgia

A fibromialgia é um distúrbio que faz com que a pessoa tenha dor, dormência e formigamento em várias partes do corpo. Outros sintomas comuns incluem:

■ Problemas de sono;

■ Fadiga;

■ Problemas de memória.

Dificuldade em se concentrar ou pensar

As pessoas que têm fibromialgia são mais propensas que outras pessoas a desenvolver a síndrome do túnel do carpo.

5) Síndrome de dor miofascial

A síndrome de dor miofascial (SDM) é um problema musculoesquelético que pode causar dor nos músculos ou dor referida em outras partes do corpo.

A ASSH nota que também pode causar dormência nas mãos e antebraços.

De acordo com um artigo na revista Pain and Therapy, há evidências limitadas para apoiar muitas das opções de tratamento atuais para MPS.

Os autores sugerem direcionar a causa subjacente da MPS até que novas pesquisas possam levar ao desenvolvimento de intervenções específicas e eficazes.

6) Medicamentos

A ASSH observa que alguns medicamentos, como medicamentos para tratamento do câncer, podem causar formigamento e dormência nas mãos de uma pessoa. Esses efeitos colaterais podem ser temporários ou permanentes.

De acordo com a American Cancer Society, não há uma maneira segura de prevenir a neuropatia periférica induzida pela quimioterapia.

No entanto, a equipe médica responsável pelo tratamento de uma pessoa acompanhará de perto esse efeito colateral e variará a dosagem da medicação para tentar administrá-lo da melhor forma possível.

Outras causas

Outras causas menos comuns de dormência nos dedos incluem:

■ Não obtendo o suficiente vitamina B-1;

■ Esclerose múltipla;

■ Tendo tido um acidente vascular cerebral;

■ Distúrbios do cérebro e da medula espinhal.

Resumo

Existem muitas causas possíveis de dormência nos dedos. Esse sintoma pode se resolver sem tratamento ou com pequenas mudanças no estilo de vida, dependendo da causa subjacente.

Se a dormência não desaparecer, a pessoa deve falar com um médico para determinar a causa e o tratamento mais adequado.

Autor da matéria: Timothy Huzar.
Avaliado por: Nancy Hammond, MD.
Fonte da matéria: Medical News Today.

Informação: toda a autoria da matéria pertence a Timothy Huzar. A matéria foi avaliada por Nancy Hammond, MD e publicada no Medical News Today. Foi colocado no site 100% da matéria. De qualquer forma, poderá ler a matéria completa do autor Timothy Huzar conforme publicada no site Medical News Today aqui. No Medical News Today a matéria está em inglês, mas, você pode traduzir a página para o português. 15/02/2019.