Caro visitante, novo endereço do site aqui, caso esteja acessando com endereço antigo. O novo endereço do site o conteúdo é o mesmo e poderá navegar de forma completamente segura.


Esses são os melhores óleos para alergias

Esses são os melhores óleos para alergias

Os óleos essenciais estão entre os remédios naturais mais populares para alergias. Esses líquidos aromáticos concentrados são destilados de plantas e têm sido usados ​​terapeuticamente durante séculos.

As alergias são a sexta maior causa de doenças crônicas nos Estados Unidos, afetando aproximadamente 50 milhões de pessoas. Embora não haja cura para as alergias, existem várias maneiras pelas quais os sintomas da alergia podem ser controlados.

Este artigo lista os óleos essenciais mais eficazes para alívio dos sintomas de alergias sazonais e alergias de pele e sugere algumas maneiras de incorporar óleos essenciais em seu regime de tratamento de alergia.

Fatos rápidos sobre óleos essenciais para alergias

■ Embora considerado um produto natural, isso não significa que eles estejam sempre seguros.

■ As alergias sazonais podem afetar as pessoas durante o verão ou o inverno, ou durante todo o ano.

■ Eczema, dermatite e urticária são algumas das alergias de pele mais comuns.

Alergias sazonais e cutâneas

Os sintomas das alergias sazonais incluem olhos lacrimejantes, nariz entupido, espirros, tosse, chiado no peito e congestão no peito.

Alergias de pele podem levar a inchaço, coceira e vermelhidão.

Pessoas com estes sintomas de alergia podem tentar os seguintes óleos para alergias sazonais ou de pele.

Ao usar um óleo essencial, é aconselhável consultar um médico primeiro e, em seguida, proceder com cautela. Alguns óleos podem piorar as alergias da pele.

1) Hortelã-pimenta

Um estudo de 2010, embora em animais, descobriu que o óleo de hortelã-pimenta tem um efeito relaxante no músculo liso, o que ajuda a reduzir as contrações que causam a tosse.

De acordo com outras pesquisas, o óleo também pode ajudar a tratar a ansiedade e a fadiga mental, sintomas que muitas vezes são sentidos pelos alérgicos.

Hortelã-pimenta pode ser útil para aliviar alergias sazonais.

2) Incenso

O incenso é outro óleo que reduz a atividade inflamatória no corpo. Um estudo relata que o incenso apresenta efeitos antiinflamatórios na bronquite, que causa inflamação das vias aéreas e infecções sinusais. Também pode ser benéfico para as pessoas com asma.

O incenso pode ajudar com os sintomas das alergias sazonais.

3) Eucalipto

Pesquisas sugerem que o uso de uma mistura de óleos, incluindo eucalipto, para infecções do trato respiratório superior leva a uma melhora significativa e imediata dos sintomas. Os participantes relataram uma redução na rouquidão, tosse e dor de garganta.

Esses sintomas podem aparecer com alergias sazonais.

A mistura de óleos essenciais utilizada no estudo continha Eucalyptus citriodora, Eucalyptus globulus, hortelã-pimenta, orégano sírio e alecrim.

4) limão

Em um estudo, verificou-se que um spray nasal à base de limão ajudou no tratamento da rinite alérgica perene e sazonal. O óleo essencial de limão também pode inibir a atividade bacteriana.

Não se recomenda a aplicação de óleos essenciais à base de citros na pele antes da exposição ao sol. Estes óleos podem tornar a pele mais sensível à luz solar, aumentando o risco de bolhas ou queimaduras prejudiciais.

5) Lavanda

Lavanda naturalmente reprime inflamação, inibe a ansiedade e incentiva um sono profundo, que pode beneficiar pessoas com alergias.

A lavanda é uma boa opção para alergias cutâneas, pois é suave para a pele e acalma a irritação, com pesquisas indicando que acelera a cicatrização. O óleo pode ser aplicado diretamente na pele ou adicionado a banhos, loções e outros produtos para a pele.

6) Óleo da árvore do chá

O óleo da árvore do chá tem propriedades antifúngicas, antivirais e antibacterianas comprovadas, e pode ser adequado para algumas alergias da pele.

Também reduz a inflamação, com pesquisas descobrindo que o óleo da árvore do chá aplicado topicamente diminui significativamente o inchaço da inflamação da pele induzida por histamina, quando comparado ao óleo de parafina.

Deve-se notar que, devido à sua potência, o óleo de tea tree pode induzir dermatite de contato alérgica em algumas pessoas. Além disso, o óleo só deve ser usado topicamente e não deve ser ingerido.

7) Óleo de camomila

Em uma revisão das propriedades do óleo de camomila, foi relatado que a camomila é um anti-inflamatório eficaz que pode ser usado para tratar doenças da pele, inflamação das membranas mucosas e sintomas de sinusite.

Também pode aliviar a coceira e o inchaço associados ao eczema quando misturado a um óleo transportador e aplicado topicamente.

Hortelã-pimenta, incenso, eucalipto, limão, lavanda, tea tree e óleo de camomila estão disponíveis para compra online.

Como usar óleos essenciais para alergias

Óleos essenciais podem ser usados ​​de várias maneiras para tratar alergias. Alguns dos mais populares incluem:

Difusão

Adicione algumas gotas do óleo ou óleos a um difusor plug-in ou queimador a óleo. Este método é especialmente benéfico para tratar os sintomas de alergias sazonais, bem como outras condições respiratórias.

Inalação direta

Óleos essenciais podem ser respirados diretamente da garrafa ou colocando uma gota ou duas em um lenço.

Pessoas com alergias sazonais podem aliviar o congestionamento, adicionando algumas gotas de óleo essencial a uma tigela de água quente e respirando os vapores. Para alívio da alergia noturna, uma pessoa pode adicionar 5 gotas de óleo essencial ao travesseiro.

Aplicação tópica

Pessoas com alergias de pele e sintomas como coceira, urticária e erupções podem aplicar o óleo em sua pele.

A maioria dos óleos deve ser misturada com um óleo transportador, como jojoba, coco ou óleo de amêndoas doces antes da aplicação. Recomenda-se uma relação de 2 gotas de óleo essencial para 1 colher de sopa de óleo transportador.

Tome cuidado ao aplicar óleo essencial de limão ou outros óleos cítricos à pele, pois eles são sensíveis ao sol e à luz e causam descoloração da pele.

Alvejando alergênicos

Alguns óleos, como limão, eucalipto e tea tree, podem ajudar a matar fungos e ácaros, que são alérgenos comuns que desencadeiam os sintomas.

Para fazer isso, uma pessoa deve adicionar 20 gotas de óleo essencial e uma colher de sopa de vinagre branco para 1 xícara de água. A mistura pode então ser usada para pulverizar em acessórios de casa de banho e outras áreas propensas a mofo, e em colchões e outros têxteis para matar ácaros.

Sempre faça um teste de remendo e espere 24 horas antes de pulverizar em áreas maiores de tecido.

Riscos potenciais e efeitos colaterais

As pessoas devem ter em mente as seguintes diretrizes ao usar óleos essenciais:

■ Escolha sempre óleos de alta qualidade de uma fonte respeitável.

■ Siga as instruções de uso com cuidado.

■ Não aplique óleos não diluídos na pele.

■ Não tome óleos essenciais internamente.

■ Crianças e mulheres grávidas e lactantes só devem usar óleos essenciais sob a orientação de um profissional qualificado.

■ Sempre faça um teste cutâneo para reações alérgicas antes de aplicar em áreas maiores. Se nada ocorrer após 24 horas, deve ser seguro usar. Cada óleo essencial deve ser testado separadamente.

■ É aconselhável falar com um médico antes de iniciar o tratamento com óleos essenciais.

Os óleos essenciais não são regulados pela Food and Drug Administration (FDA) dos EUA e, portanto, devem ser usados ​​com cautela.

Autor da matéria: Jayne Leonard.
Avaliado por: Debra Rose Wilson, Doutora, MSN, RN, IBCLC, AHN-BC, CHT. Fonte da matéria: Medical News Today.

Informação: toda a autoria da matéria pertence a Jayne Leonard. A matéria foi avaliada por Debra Rose Wilson, Doutora, MSN, RN, IBCLC, AHN-BC, CHT e publicada no Medical News Today. Colocamos no site 100% da matéria. De qualquer forma, poderá ler a matéria completa do autor Jayne Leonard conforme publicada no site Medical News Today aqui. No Medical News Today a matéria está em inglês, mas, você pode traduzir a página para o português. 12/12/2018.