Novo endereço do site aqui, caso esteja acessando com endereço antigo.


Caverject (Alprostadil) - Bula

Caverject (Alprostadil) - Bula

Importante

Essa é uma bula ao paciente do medicamento caverject (alprostadil) com todas as informações relevantes. Foram extraídas na íntegra da bula original, empresa ou laboratório Pfizer, especificamente do site online. Todas as informações que constam são absolutamente verdadeiras, mas, com o único objetivo informativo. Nunca tome medicamento sem consultar um médico. Ao final um link onde poderá consultar a bula original. Vamos a bula.

Caverject®
Alprostadil

IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO

Nome comercial: Caverject®

Nome genérico: alprostadil.

APRESENTAÇÕES

Caverject® pó liofilizado para solução injetável 10 mcg ou 20 mcg em embalagem contendo um frasco-ampola acompanhado de uma seringa estéril contendo 1 ml de água para injetáveis, duas agulhas estéreis e duas compressas antissépticas. USO ADULTO. VIA DE ADMINISTRAÇÃO: INTRACAVERNOSA.

COMPOSIÇÃO

Cada frasco-ampola de Caverject® 10 mcg ou 20 mcg pó liofilizado para solução injetável contém o equivalente a 10 mcg ou 20 mcg de alprostadil, respectivamente. Excipientes: lactose monoidratada, citrato de sódio diidratado, solução de hidróxido de sódio a e solução de ácido clorídrico a. Diluente: álcool benzílico e água para injetáveis.

a = para ajuste de pH. A quantidade de álcool benzílico em 1 ml de diluente é de 9,45 mg.

INFORMAÇÕES AO PACIENTE

1. Para que este medicamento é indicado?

Caverject® (alprostadil) é indicado para o tratamento da disfunção erétil (incapacidade de obter ou manter uma ereção, rigidez do pênis, suficiente para um desempenho sexual satisfatório) de etiologia neurogênica (problema de origem nos nervos), vasculogênica (problema de origem nos vasos sanguíneos), psicogênica (problema de origem psicológica) ou mista (mais de um problema em conjunto que causa a disfunção erétil). Caverject® pode ser usado como coadjuvante para outros testes no diagnóstico da disfunção erétil.

2. Como este medicamento funciona?

Caverject® atua favorecendo o relaxamento da musculatura lisa dos corpos cavernosos (principal estrutura erétil do pênis) e estimula a vasodilatação (aumento do diâmetro dos vasos sanguíneos) no tecido peniano (no pênis). Espera-se que a ereção (rigidez do pênis) se desenvolva dentro de 5 a 20 minutos após a aplicação.

3. Quando não devo usar este medicamento?

Caverject® é contraindicado a: pacientes que tenham hipersensibilidade (reação alérgica) conhecida ao alprostadil ou a qualquer componente deste medicamento; pacientes com condições predisponentes ao priapismo (ereção persistente e dolorosa do pênis), tais como anemia falciforme (doença hereditária das células vermelhas do sangue) ou traço falciforme (forma mais branda da doença hereditária das células do sangue), mieloma múltiplo ou leucemia (tipos de câncer do sangue); pacientes com deformidade anatômica do pênis, tais como angulação, fibrose cavernosa ou doença de Peyronie (deformidades que alteram ou provocam uma curvatura do pênis podendo deixá-lo deformado); pacientes com implante peniano (prótese colocada dentro do pênis); pacientes para os quais a atividade sexual é desaconselhável ou contraindicada. Este medicamento é contraindicado para uso por mulheres.

4. O que devo saber antes de usar este medicamento?

Caverject® não deve ser usado juntamente com outros medicamentos para disfunção erétil. Pacientes em tratamento com anticoagulantes (medicamentos que não deixam o sangue coagular) como varfarina ou heparina podem ter maior propensão a sangramento após injeção intracavernosa (no pênis). É muito importante informar ao seu médico caso esteja usando outros medicamentos antes do início ou durante o tratamento com Caverject®. O uso de Caverject® não protege contra doenças sexualmente transmissíveis ou contra o vírus HIV (AIDS). Devem ser tomadas as medidas adequadas de prevenção. Em alguns pacientes, o uso de Caverject® pode provocar um pequeno sangramento no local da injeção; em pacientes portadores de doenças transmissíveis pelo sangue (hepatite, sífilis, HIV, etc), esse fato pode aumentar o risco de transmissão para a parceira. Informe seu médico caso ocorra ereção persistente por 4 horas ou mais. Esse medicamento possui álcool benzílico em sua composição e esta substância foi associada a eventos adversos graves, incluindo "síndrome de gasping" (alteração do ritmo respiratório), e morte em pacientes pediátricos. A quantidade mínima de álcool benzílico em que a toxicidade pode ocorrer, não é conhecida. O risco de toxicidade do álcool benzílico depende da quantidade administrada e a capacidade do fígado e rins para desintoxicar o produto químico. Bebês prematuros (nascidos antes do final da gravidez normal) e de baixo peso quando nasce pode ser mais propensos a desenvolver toxicidade. Caverject® usa uma agulha superfina para a administração. Assim como todas as agulhas superfinas, existe a possibilidade de quebra da agulha. A quebra da agulha, com uma parte da agulha permanecendo no pênis, tem sido relatada e, em alguns casos, necessitou de hospitalização e remoção cirúrgica. Técnicas apropriadas de manuseio e administração da injeção podem minimizar o potencial de quebra da agulha. Caso a agulha esteja torta, não a utilize e não tente endireita-la. Você deve remover a agulha da seringa, descartá-la, e colocar uma nova agulha estéril na seringa. A eficácia deste medicamento depende da capacidade funcional do paciente. Informe ao seu médico ou cirurgião-dentista se você está fazendo uso de algum outro medicamento. Não use medicamento sem o conhecimento do seu médico. Pode ser perigoso para a sua saúde.

5. Onde, como e por quanto tempo posso guardar este medicamento?

Caverject® deve ser conservado sob refrigeração (entre 2 e 8°C), protegido da luz. Não congelar. Após reconstituição com o diluente que acompanha o medicamento, a solução reconstituída pode ser armazenada a temperatura abaixo de 25°C por até 24 horas. O medicamento é de uso único e qualquer solução não utilizada deve ser devidamente descartada. Número de lote e datas de fabricação e validade: vide embalagem. Não use medicamento com o prazo de validade vencido. Guarde-o em sua embalagem original. Antes de usar, observe o aspecto do medicamento. Caso ele esteja no prazo de validade e você observe alguma mudança no aspecto, consulte o farmacêutico para saber se poderá utilizá-lo. Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças. Características do produto: um pó branco a branco-opaco. Medicamentos para uso parenteral devem ser inspecionados visualmente quanto a partículas, alteração da cor ou precipitação antes da administração.

6. Como devo usar este medicamento?

Caverject® deve ser administrado por injeção intracavernosa (estrutura dentro do pênis responsável por sua rigidez) direta. Recomenda-se geralmente uma agulha de meia polegada, calibre entre 27 e 30. A dose de Caverject® deve ser individualizada com cuidado, adequada por uma supervisão médica. As primeiras injeções de Caverject® devem ser realizadas no consultório médico por uma equipe médica treinada. A terapia de autoaplicação deve ser iniciada apenas após o paciente ser instruído apropriadamente e bem treinado na técnica de autoaplicação. O médico deve fazer uma avaliação cuidadosa da habilidade e competência do paciente nesse procedimento. A injeção intracavernosa deve ser realizada sob condição estéril. O local da injeção é geralmente ao longo da porção dorsolateral do terço proximal do pênis. Veias visíveis devem ser evitadas. Deve-se alternar o lado do pênis que é injetado e variar o local da injeção. O local da injeção deve sempre ser limpo com algodão e álcool.

Adequação da dose inicial no consultório médico: durante a adequação da dose, o paciente deve permanecer no consultório médico até que ocorra completa detumescência (quando o pênis retorna a sua forma e tamanho normal após a ereção). Se não houver resposta à dose inicial, a próxima dose mais alta pode ser administrada dentro de 1 hora. Se houver resposta, deve-se aguardar pelo menos 1 dia antes de se administrar a próxima dose.

Disfunção erétil de etiologia vasculogênica, psicogênica ou mista: a adequação da dose deve ser iniciada com 2,5 mcg de Caverject®. Se houver resposta parcial, a dose seguinte pode ser aumentada de 2,5 mcg para 5 mcg e, a seguir, aumentada em incrementos de 5 a 10 mcg, dependendo da resposta erétil, até que se alcance a dose que produza uma ereção adequada para o ato sexual (relação sexual) e que não ultrapasse a duração de 60 minutos. Se não houver resposta à dose inicial de 2,5 mcg, a segunda dose administrada pode ser aumentada para 7,5 mcg, seguida por incrementos de 5 a 10 mcg.

Disfunção erétil de etiologia neurogênica pura (trauma na coluna vertebral afetando a região dos nervos): a adequação da dose deve ser iniciada com 1,25 mcg de Caverject®. A dose pode ser aumentada de 1,25 mcg para 2,5 mcg e, a seguir, aumentada de 2,5 mcg para uma dose de 5 mcg, seguindo-se incrementos de 5 mcg, até que a dose produza uma ereção adequada para o ato sexual e que não ultrapasse a duração de 60 minutos.

Terapia de manutenção

Autoaplicação: a dose de Caverject® selecionada para a terapia por autoaplicação deve proporcionar ao paciente uma ereção satisfatória para o ato sexual e mantida por um tempo que não ultrapasse 60 minutos. Se a duração da ereção for superior a 60 minutos, a dose de Caverject® deve ser reduzida. A terapia por autoaplicação para uso em casa deve ser iniciada na dose determinada no consultório médico, entretanto, se for necessário ajuste na dose, isto deve ser realizado apenas após consulta com o médico. A dose eficaz mais baixa deve ser utilizada. A frequência recomendada de injeções é de não mais que três vezes por semana com intervalos de pelo menos 24 horas entre cada dose. Espera-se que a ereção se desenvolva dentro de 5 a 20 minutos após a aplicação.

Caverject® como coadjuvante no diagnóstico da disfunção erétil: no teste mais simples para o diagnóstico da disfunção erétil (teste farmacológico), os pacientes são monitorados quanto à ocorrência de ereção após uma injeção intracavernosa de Caverject®. Extensões desse teste incluem o uso de Caverject® como adjuvante em investigações laboratoriais, tais como imagens duplex ou Doppler (imagens de ultrassom), testes de washout com xenônio133(exame para medir a quantidade de sangue circulando no pênis), penograma com radioisótopos (exame para diagnosticar disfunção erétil) e arteriografia peniana (exames para visualizar vasos sanguíneos do pênis), para permitir visibilização e avaliação da vasculatura peniana (avaliar os vasos sanguíneos do pênis). Para qualquer um desses testes, deve ser utilizada uma dose única de Caverject® que induza uma ereção com rigidez firme.

Recomendações para a monitoração do tratamento: deve-se acompanhar regularmente o paciente em esquema de autoaplicação. Isso é especialmente importante nas autoaplicações iniciais, quando podem ser necessários ajustes na dose de Caverject®.

Preparação para uso de Caverject®: Caverject® deve ser reconstituído apenas com o diluente que acompanha a embalagem (1 ml de água para injetáveis). Após reconstituição com 1 ml do diluente, o volume final da solução é de 1,13 ml. A quantidade de Caverject® que pode ser dispensada em cada frasco-ampola é de 10 ou 20 mcg, dependendo da apresentação comercial, porque aproximadamente 0,5 mcg são perdidos devido à adsorção ao frasco-ampola e seringa. NÃO AGITAR A SOLUÇÃO RECONSTITUÍDA. A solução reconstituída de Caverject® destina-se apenas para uso único, devendo o restante da solução ser descartada após o uso. O usuário deve ser orientado quanto à forma adequada de descarte da seringa, agulha e frasco-ampola. Em caso de dúvida, consultar o GUIA PARA O USO CORRETO DE CAVERJECT®. Caverject® deve ser usado apenas por injeção intracavernosa. O tratamento por autoaplicação deve ser feito apenas sob rigoroso acompanhamento de seu médico e utilizando apenas a técnica e as doses recomendadas por ele. Durante o tratamento por autoaplicação, deve-se retornar ao consultório médico. Siga a orientação de seu médico, respeitando sempre os horários, as doses e a duração do tratamento. Não interrompa o tratamento sem o conhecimento do seu médico. Em caso de autoaplicação consultar o GUIA PARA O USO CORRETO DE CAVERJECT®.

7. O que devo fazer quando eu me esquecer de usar este medicamento?

Caverject® é um medicamento de uso sob demanda (uso conforme necessário). Caso você se esqueça de usar este medicamento, aplique-o assim que lembrar, caso queira que o medicamento tenha o seu efeito esperado. Em caso de dúvidas, procure orientação do farmacêutico ou de seu médico, ou cirurgião-dentista.

8. Quais os males que este medicamento pode me causar?

Informe ao seu médico o aparecimento de qualquer reação desagradável durante o tratamento com Caverject®. Reação muito comum (ocorre em mais de 10% dos pacientes que utilizam este medicamento): dor peniana (no pênis). Reação comum (ocorre entre 1% e 10% dos pacientes que utilizam este medicamento): eritema (vermelhidão), fibrose peniana (formação de tecido endurecido podendo levar a deformidade) incluindo doença de Peyronie (angulação anormal do pênis), angulação, nódulos fibróticos (formação de tecidos endurecidos arredondados), ereção prolongada (entre 4 e 6 horas), hematoma (acúmulo de sangue visível) no local da injeção, equimose (manchas arroxeadas) no local da injeção. Reação incomum (ocorre entre 0,1% e 1% dos pacientes que utilizam este medicamento): infecção por fungos (microrganismos que causam infecção), reação vasovagal (sensação de desmaio, tontura, escurecimento da vista), hipoestesia (sistêmica) (sensibilidade diminuída generalizada), dormência peniana, sensibilidade peniana diminuída, midríase (pupila aumentada), extrassístole supraventricular (arritmia do coração), hipotensão (pressão baixa), vasodilatação (aumento do diâmetro dos vasos), distúrbio vascular periférico (alteração do diâmetro dos vasos periféricos), vazamento venoso peniano (dificuldade específica de manter a ereção), náusea (enjoo), boca seca, rash (erupção cutânea), diaforese (suor excessivo), prurido (coceira), câimbras nas pernas, sangramento uretral (saída de sangue pela uretra, orifício por onde sai a urina), hematúria (presença de sangue na urina), micção prejudicada, frequência urinária, urgência urinária (desejo intenso de urinar), priapismo (ereção dolorosa e persistente [duração da ereção maior que 6 horas]), dor pélvica, ereção dolorosa, dor testicular, distúrbio escrotal, irritação peniana, balanite (inflamação da pele que reveste a glande), edema escrotal, aumento da temperatura do pênis, distúrbio testicular, ejaculação (eliminação do esperma) anormal, fimose (quando a glande do pênis está encoberta pela pele local e não consegue ser exposta), hemorragia no local da injeção, inflamação no local da injeção, edema no local da injeção, inchaço no local da injeção, fraqueza muscular localizada, prurido (coceira) no local da injeção, creatinina sanguínea aumentada (exame laboratorial que testa a função dos rins). Informe ao seu médico, cirurgião-dentista ou farmacêutico o aparecimento de reações indesejáveis pelo uso do medicamento. Informe também à empresa através do seu serviço de atendimento.

9. O que fazer se alguém usar uma quantidade maior do que a indicada deste medicamento?

Não se observou superdose nos estudos clínicos com Caverject®. Se ocorrer uma superdose de Caverject® por via intracavernosa, o paciente deve ser mantido sob supervisão médica até que os efeitos sistêmicos tenham se resolvido e/ou que o pênis tenha desinchado. Deve-se tratar sintomaticamente qualquer efeito sistêmico. Uso em pacientes idosos: Aos pacientes idosos aplicam-se todas as recomendações acima descritas.

Em caso de uso de grande quantidade deste medicamento, procure rapidamente socorro médico e leve a embalagem ou bula do medicamento, se possível. Ligue para 0800 722 6001, se você precisar de mais orientações.

DIZERES LEGAIS

MS ¡V 1.2110.0407
Farmaceutica Responsavel: Edina S. M. Nakamura ¡V CRF-SP nº 9258

Registrado por:
Wyeth Indústria Farmacêutica Ltda.
Rua Alexandre Dumas, 1.860
CEP 04717-904 - São Paulo – SP
CNPJ nº 61.072.393/0001-33

Fabricado por:
Pfizer Manufacturing Belgium NV
Puurs – Bélgica

Embalado por:
Valdepharm
Val de Reuil - França

Importado por:
Wyeth Indústria Farmacêutica Ltda.
Rodovia Presidente Castelo Branco nº 32.501, Km 32,5
CEP 06696-000 - Itapevi – SP

VENDA SOB PRESCRIÇÃO MÉDICA.

Esta bula foi aprovada pela Anvisa em 30/10/2017. Aqui poderá consultar a bula original em PDF disponibilizada no site Pfizer. Digite o nome do medicamento ou a letra inicial do medicamento e pronto!

Fonte: inteiramente e totalmente extraída do site Pfizer onde estão disponibilizadas em PDF inúmeras bulas de medicamentos. Utilizamos essa página em questão no aqui beleza e saúde para retransmitir a informação. O acesso a informação é direito de todo cidadão.