Novo endereço do site aqui, caso esteja acessando com endereço antigo.


5 coisas que você não sabia sobre seu pênis

5 coisas que você não sabia sobre seu pênis

1. Primeira ereção ao nascer

É muito comum que os bebês já saiam do útero com uma ereção. Antes mesmo de nascer, muitos exames de ultrassonografia mostram as vezes um feto com uma ereção totalmente formada. De acordo com um estudo de 1991, as ereções fetais ocorrem mais comumente durante o sono. E isso pode ocorrer várias vezes a cada hora. Não se sabe exatamente porque isso acontece, mas, pode ser apenas a maneira do corpo manter as coisas funcionando corretamente.

2. Seu pênis é o dobro do tamanho que você pensa

Cerca de metade de todo o comprimento do pênis está alojado dentro do corpo. De modo que ele é bem mais longo do que realmente parece. Exatamente assim como você pode ver na imagem abaixo, nos pontos 3, 4, 5, 6 e 7. Nos pontos restantes o pênis parece estar conectado ao resto da anatomia masculina.

3. O mito do tamanho do sapato

De acordo com um estudo publicado na revista BJU INTERNATIONAL, não há correlação entre o tamanho do sapato e o comprimento do pênis.

Embora um estudo mais antigo - publicado em 1993 - tenha constatado que o comprimento do pênis estava relacionado tanto à altura quanto ao comprimento do pé, foi uma relação fraca, e os autores concluíram que "o tamanho da altura e do pé, não serviria como estimadores práticos do comprimento do pênis".

Além disso, o International Journal of Impotence Research publicou um estudo iraniano analisando outras correlações. Nesse estudo eles concluíram que "as dimensões penianas são significativamente correlacionadas com a idade, a altura e o comprimento do dedo indicador", mas não o tamanho do pé.

4. Madeira da manhã

Assim como nos meninos in útero, a maioria dos homens tem 3 a 5 ereções a cada noite - principalmente durante o sono. Também chamado de tumescência peniana noturna. Ainda não está claro por que isso acontece, entretanto, uma teoria é que isso pode ajudar a evitar o enurese na cama. Ereção inibe a micção.

Sabe-se que uma bexiga cheia estimula os nervos em uma região similar àqueles envolvidos nas ereções. Mas, como as mulheres experimentam algo semelhante - tumescência clitoral noturna - a prevenção de urinar na cama provavelmente não é a resposta completa.

Outra possível explicação é que o sono está ligado ao desligamento de células que produzem noradrenalina no locus coeruleus, que está no tronco cerebral. Essas células inibem o tônus ​​do pênis. Então, reduzindo a inibição, o pênis fica ereto.

Seja qual for a razão por trás das ereções noturnas, elas podem ser úteis como uma ferramenta de diagnóstico. Se um homem tem dificuldade em conseguir uma ereção quando acordado, mas fica ereto quando dorme, isso é uma indicação de que há uma questão psicológica, e não física. Entretanto, se ele não tiver ereções durante o sono, o problema pode ser físico.

5. Uma ereção final

Vimos até agora que o homem pode obter ereções tanto no útero quanto durante o sono. Mas talvez essa seja a mais surpreendente de todas - a ereção final ou ereção da morte. Também chamada de luxúria de anjo ou ereção terminal, acontece nos momentos após a morte.

Comumente, ocorre em homens que morreram de enforcamento. Cientistas acreditam que pode ser devido à pressão do laço no cerebelo. Entretanto, também foi relatado após a morte por um tiro na cabeça, danos aos principais vasos sanguíneos e envenenamento.

Autor da matéria: Tim Newman.
Fonte da matéria: Medical News Today.

Informação: toda a autoria da matéria pertence a Tim Newman. A matéria foi um fato verificado por Jasmin Collier e publicada no Medical News Today. Colocamos no site 50% da matéria. De qualquer forma, poderá ler a matéria completa do autor Tim Newman conforme publicada no site Medical News Today aqui. No Medical News Today a matéria está em inglês, mas, você pode traduzir a página para o português. 04/10/2018.