Novo endereço do site aqui, caso esteja acessando com endereço antigo. O novo endereço do site o conteúdo é o mesmo e poderá navegar de forma completamente segura.


12 óleos essenciais para aliviar a tosse

12 óleos essenciais para aliviar a tosse

Alguns óleos essenciais podem aliviar os sintomas da tosse ou do frio, acalmando a garganta, combatendo bactérias e reduzindo a inflamação.

A pesquisa mostrou que o uso de um spray nasal contendo uma mistura de eucalipto, hortelã-pimenta, orégano e extrato de alecrim pode melhorar a dor de garganta, a rouquidão e outros sintomas relacionados à tosse.

Neste artigo, foi examinado evidências para apoiar o uso de 12 óleos essenciais no tratamento da tosse. Também foi discutido as melhores maneiras de usar esses óleos, riscos e quando consultar um médico.

Doze melhores óleos essenciais para tosse

Existem muitas causas para tosse, incluindo o resfriado comum, a gripe ou a infecção no peito. Óleos essenciais podem ajudar a aliviar a garganta, reduzir a inflamação e eliminar o muco.

A comunidade médica tende a ver os óleos essenciais como uma terapia alternativa complementar, em vez de um tratamento médico. Esses óleos devem ser usados ​​com cautela, pois não há diretrizes aprovadas sobre dosagem ou força.

No entanto, há instruções, e se uma pessoa as segue, qualquer um dos 12 óleos essenciais abaixo pode ajudar a aliviar a tosse.

1) Óleo essencial de eucalipto

Muitas pessoas usam esse óleo sem perceber. Over-the-counter vapor ou fricção no peito comercializados para suprimir a tosse muitas vezes contêm óleo de eucalipto. Ou, eles podem incluir o composto principal do óleo, chamado eucaliptol ou cineole.

Um estudo publicado na revista Alternative Medicine Review descobriu que o eucaliptol tem um efeito antimicrobiano e pode combater as bactérias que causam doenças. O eucaliptol também pode ajudar a reduzir a inflamação, aliviar a dor e aliviar a tensão muscular que pode resultar de um resfriado ou gripe.

O óleo essencial de eucalipto pode ser usado para acalmar a tosse de várias maneiras. Uma pessoa pode querer tentar:

■ Adicionar algumas gotas de óleo de eucalipto a 1 onça de óleo transportador e esfregar a mistura no peito e na garganta;

■ Diluir o óleo de eucalipto em água fervente e inalar o vapor.

2) Óleo essencial de alecrim

O alecrim é uma erva de jardim comum. Como o eucalipto, contém o composto cineol.

Um estudo publicado na revista Cough descobriu que o cineol pode ajudar a quebrar o muco e reduzir a inflamação.

3) Óleo essencial de hortelã-pimenta

Produtos de cuidados naturais para condições respiratórias geralmente contêm esse óleo.

O mentol é um extrato de hortelã-pimenta. Quando inalado, cria uma sensação de resfriamento que pode acalmar ou entorpecer uma garganta arranhada.

Um estudo de 2013 sugere que quando uma pessoa saudável usa óleo de hortelã-pimenta, pode ajudar a relaxar os músculos da traqueia, conhecidos como os músculos brônquicos. Isso pode explicar por que o óleo pode aliviar a respiração em pessoas com tosse.

O óleo essencial de hortelã-pimenta pode ser usado:

■ Diluindo o óleo em água fervente e inalando o vapor;

■ Adicionando o óleo a um difusor;

■ Usando-o em uma mistura de óleos tópicos.

Usar óleo essencial de hortelã-pimenta pode não ser aconselhável em crianças menores de 8 anos ou em pessoas grávidas.

4) Óleo essencial de incenso

O incenso é derivado das árvores do gênero Boswellia e é freqüentemente usado em incenso e perfumes.

Tradicionalmente, ele é valorizado por seu efeito no sistema respiratório e tem sido usado para tratar tosse, catarro, bronquite e asma.

5) Óleo essencial de orégano

Óleo essencial de orégano contém um alto nível de um composto potente chamado carvacrol.

Autores de um estudo de 2014 descobriram que o carvacrol é um agente antimicrobiano útil que pode combater muitos tipos de germes.

Este óleo pode, portanto, ajudar a tratar as causas virais ou bacterianas da tosse.

6) Óleo essencial de tomilho

O óleo essencial de tomilho também contém um alto nível de carvacrol. Pode ser útil para eliminar ou proteger contra vírus e bactérias.

7-9) Óleos essenciais de bergamota, noz-moscada e cipreste

Os óleos essenciais de noz-moscada, bergamota e cipreste contêm canfeno, um composto semelhante à cânfora.

Quando inalado, o canfeno pode ter um efeito refrescante. Também possui propriedades antioxidantes, que podem ajudar a proteger as células contra danos e afastar os germes nocivos.

10) Óleo essencial de gerânio

Uma revisão de estudos publicados na revista Complementary Medicine Research relatou que um extrato de gerânio chamado Pelargonium sidoides era um tratamento eficaz contra tosse.

Óleo essencial de gerânio também tem um aroma floral refrescante. Uma pessoa pode querer adicioná-lo a um difusor ou a um banho morno.

11) Óleo essencial de canela

Enquanto uma pessoa não pode associar este tempero com propriedades medicinais, os autores de um estudo de 2017 descobriram que a canela pode proteger contra germes que causam problemas respiratórios.

Adicionando algumas gotas de óleo essencial de canela para um difusor ou incluindo o óleo em uma mistura tópica pode proporcionar alívio de uma tosse.

12) Óleo essencial de tea tree

O óleo da árvore do chá (Melaleuca) pode inibir o crescimento de bactérias ruins que causam infecções sinusais e problemas respiratórios.

Folhas de árvores de chá esmagadas foram inaladas por aborígines australianos para tratar tosses e resfriados, e a inalação de óleo de melaleuca também pode ajudar a aliviar os efeitos de uma tosse.

Outros óleos essenciais de suporte

Uma pessoa pode achar que óleos diferentes os relaxam ou os ajudam a se sentir mais confortáveis ​​enquanto lidam com os sintomas, mesmo que não exista pesquisa para apoiar o uso desses óleos.

Os seguintes óleos essenciais podem ser úteis:

■ Limão ou outras frutas cítricas;

■ Lavanda;

■ Erva-cidreira;

■ Camomila;

■ Manjericão.

Usando óleos essenciais

Na maior parte, a aromaterapia envolve a inalação de óleos essenciais através do nariz e da boca.

Óleos essenciais são potentes. Use-os com cuidado. Devem ser diluídos, em um difusor ou em combinação com outro óleo tópico, para evitar reações ou complicações. Não ingerir um óleo essencial.

Dependendo da preferência e da gravidade dos sintomas, uma pessoa pode usar um óleo essencial de várias maneiras.

Difusor

Os difusores transformam o óleo essencial e a água em um vapor que pode ser inalado.

Banho de vapor

Adicione algumas gotas de óleo essencial a uma tigela de água fervente e respire o vapor.

Óleo transportador

Dilua um óleo essencial em um óleo transportador e aplique-o na pele. Os óleos essenciais podem misturar-se bem com qualquer número de óleos veiculares naturais, incluindo:

■ Óleo de côco;

■ Azeite;

■ Óleo de argan;

■ Óleo de semente de damasco;

■ Óleo de grainha de uva;

■ Óleo de gergelim;

■ Óleo de girassol.

Compressa morna

Adicione algumas gotas de óleo essencial e uma pequena quantidade de sabão líquido a uma tigela com água morna. Mergulhe uma toalha nesta mistura e coloque-a na cabeça ou no peito.

Lenço ou tecido

Aplique uma ou duas gotas de óleo essencial em um lenço ou lenço de papel. Inspire, segurando-o perto da boca e do nariz. Isso pode fornecer alívio dos sintomas, mesmo quando a pessoa está ao ar livre.

Quando ver um médico

Se a tosse se tornar grave, visite um médico. Sinais de aviso de que uma tosse está se tornando séria podem incluir:

■ Falta de ar;

■ Uma tosse que produz sangue;

■ Perda de peso;

■ Uma febre baixa durando mais de 1 semana;

■ Uma febre alta;

■ Fatores de risco para o HIV ou tuberculose.

Leve embora

Quando usados ​​corretamente, os óleos essenciais podem fornecer um tratamento complementar para uma tosse.

Mantenha os óleos essenciais fora do alcance das crianças. Uma revisão médica de 2001 sugere que os óleos de cânfora e eucalipto podem ser perigosos quando ingeridos.

Outras fontes advertem que os óleos essenciais podem ser tóxicos ou mesmo letais quando usados ​​em grandes quantidades. Sempre use esses óleos com cuidado.

Muitos óleos essenciais, incluindo os acima, podem desencadear alergias. Teste uma pequena quantidade de qualquer óleo essencial antes de aplicar a dose completa.

Pesquise e converse com um médico sobre possíveis benefícios e riscos antes de usar óleos essenciais.

Autor da matéria: Jon Johnson.
Avaliado por: Debra Rose Wilson, Doutora, MSN, RN, IBCLC, AHN-BC, CHT. Fonte da matéria: Medical News Today.

Informação: toda a autoria da matéria pertence a Jon Johnson. A matéria foi avaliada por Debra Rose Wilson, Doutora, MSN, RN, IBCLC, AHN-BC, CHT e publicada no Medical News Today. Colocamos no site 100% da matéria. De qualquer forma, poderá ler a matéria completa do autor Jon Johnson conforme publicada no site Medical News Today aqui. No Medical News Today a matéria está em inglês, mas, você pode traduzir a página para o português. 27/11/2018.